quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Esfiha de Arroz

Já tinha falado da Esfiha de Pastel de Bacalhau (no Brasil, o nome equivalente será Esfiha de Bolinho de Bacalhau) e da Esfiha de Rissol noutros posts, pretendendo reaproveitar restos de outras refeições.

Esfiha de Arroz
Esfiha de Arroz
Hoje apresento-vos mais uma forma de aproveitar restos, com a Esfiha de Arroz.
Sobrou-me arroz de cenoura, cozido, de uma refeição, e já não era o suficiente para fazer uma refeição com arroz, por isso decidi inovar novamente, para aproveitar o arroz.

Ingredientes:
320ml de água morna
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional (já tem sal e fermento)
Restos de uma refeição de Arroz (já cozido)



Confecção:
Coloque a água e a farinha (já com o sal e fermento) na cuba da máquina de fazer pão.
Seleccione o programa "Massa" (cerca de 1h30m)
Findo este tempo, retire a massa para cima de uma bancada salpicada com farinha (para a massa não agarrar).
Divida a massa em 8 porções.
Estique cada uma das porções e coloque, no centro de cada porção, uma colher de arroz (pode ser resto de arroz de tomate, arroz de cenoura, arroz de qualquer coisa mesmo!)

Confecção da Esfiha de Arroz
Confecção da Esfiha de Arroz.

Feche a massa com um garfo, esmagando no ponto de união da massa.

Confecção da Esfiha de Arroz
Confecção da Esfiha de Arroz
Coloque cada porção num tabuleiro, que possa ir ao forno, previamente salpicado com farinha.
Coloque o tabuleiro dentro do forno, a 50ºC, durante 1h, para a massa poder crescer novamente.

Findo este tempo, aumente a temperatura do forno para 180ºC e deixe cozer durante 25m, ou até o pão ficar com cor dourada.

Nota:
Não se esqueça que se utilizar farinhas que não sejam especialmente preparadas com sal e fermento para a MFP (como as que costumo usar), deve adicionar 1/2 colher de chá de sal e 12g de fermento de padeiro (meio cubo).

Bom apetite!

2 comentários:

  1. Olá. Esa massa de esfia é ótima e facílima de fazer. Noutro dia fi-la e recheei com restos de peixe no forno e ficou muito bom. Levei um para o trabalho e os outros congelei para a próxima vez. E com o forno quente aproveitei e fiz uns biscoitos de gengibre e canela!!! Maravilha.
    Obrigada pelas sugestões.

    ResponderEliminar
  2. Nunca tinha ouvido falar, mas parece-me uma maravilha :)
    Jinhusss

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover