terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pão Challah


ChallahImage via Wikipedia

Estou a ler um livro sobre o processo de fazer pão artesanalmente e lá referenciam o Pão Challah e diz como se faz à mão.
O Pão Challah pertence à culinária judaica e é tradicionalmente servido durante o Sabbath, para comemorar a comida (manna) que desceu dos céus quando os israelitas vaguearam pelo deserto durante 40 anos, após o êxodo do Egipto.
Fui ver se já alguém tinha experimentado na máquina de fazer pão e parece que sim! Por isso aqui deixo os ingredientes usados nessa receita que achei.

Ingredientes:
1 cup de água (240ml)
2 gemas de ovos
1 ovo
4 colheres de sopa de manteiga
3 colheres de sopa de açúcar
1 e 1/4 colheres de chá de sal
3 e 3/4 cups de farinha branca (450g)
25 g de fermento de padeiro

Confecção:
Colocar os ingredientes acima indicados na cuba da máquina de fazer pão, por ordem.
Usar o programa "Massa".
Quando o programa acabar, colocar a massa na bancada de cozinha, que foi previamente polvilhada com farinha, para a massa não colar.

Dividir a massa em 6 porções iguais, e fazer rolinhos com a palma da mão e entrançar.
Deixar a massa entrançada descansar, tapada, durante 30m ou até o seu volume duplicar.
Bater 1 ovo e pincelar sobre a massa, cozendo de seguida no forno durante cerca de 30 a 35m, a 180ºC.

Nota:
Poderá utilizar sementes de sésamo sobre o pão, antes de o colocar no forno.

O vídeo que mostra como se entrança o pão está aqui:



Créditos: Art of Kosher Cooking


Reblog this post [with Zemanta]

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Pão Ultra Rápido

fast carsImage by myfear via Flickr

As máquinas de pão têm um ou dois programas para fazer pão ultra-rápido (mas toda a gente sabe que a pressa é inimiga da perfeição!) e torço um pouco o nariz a este ciclo ultra-rápido, porque o pão não tem tempo de fermentar como no programa normal.

Mas, se tiver mesmo muita pressa, este programa tem de resolver o problema!

No fórum Petiscos mostram uma receita de pão ultra-rápido, adequada para este ciclo. Se eu experimentar, depois aviso, mas para já aqui fica a partilha.

Ingredientes:
340 ml de água morna (pode ser leite)
15-20g de fermento de padeiro
2 colheres (sopa) açúcar
3 colheres (sopa) gordura (óleo ou manteiga)
2 colheres (chá) de sal fino
600g de farinha

Preparação:
Dissolve-se o fermento no líquido morno e coloca-se na cuba juntamente com os restantes ingredientes. Selecciona-se o ciclo ultra rápido I e a cor pretendida, tamanho 750g.


Reblog this post [with Zemanta]

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Bolas de Pão de Queijo


Já li esta receita por diversas vezes na net, sem saber quem é o autor original, por isso aqui fica uma receita de origem anónima. Mas toda a gente fala bem destas bolinhas de pão de queijo e são iguais às que se compram congeladas.
Vou dar aqui a indicação de como fazer na máquina ou então à mão. Como não é preciso fermentar, é bastante mais rápido se for feito à mão.

Ingredientes:
2 a 3 copos de polvilho azedo
2 pacotes de natas (200 ml)
1 copo de queijo parmesão ralado

Confecção na Máquina:
Misturar tudo na cuba da máquina de fazer pão com o programa "Massa", somente até a massa estar com um aspecto consistente. Retirar da máquina de fazer pão, moldar bolinhas e colocar num tabuleiro de levar ao forno. Cozer a cerca de 220ºC, até as bolinhas terem com uma cor dourada.

Confecção à Mão:
Misturar todos os ingredientes num recipiente até formar uma massa consistente. Moldar bolinhas e levar a cozer no forno a cerca de 220ºC, até terem com uma cor dourada.
Reblog this post [with Zemanta]

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Pão de Batata Doce

No site Nossas Receitas, aparece a receita de pãezinhos de batata doce para serem feitos à mão, receita de Ana Paula Toledo. Mas nós, que temos uma máquina de fazer pão, podemos evitar todo esse trabalho de fazer à mão e fazer tudo na máquina.

Pão de Batata Doce

Adaptando a receita à máquina de fazer pão, fica assim:

Ingredientes:
1 chávena (chá) de batata doce (em puré)
3 chávenas (chá) de farinha de trigo
15 g de fermento biológico fresco
125 ml de leite
40 ml de óleo
1 colheres (sopa) de açúcar
1 pitada de sal
1 gema de ovo para pincelar

Confecção:
Dissolva o fermento no leite morno, coloque na cuba da máquina de fazer pão, e junte os restantes ingredientes. Deixe amassar no programa "Massa".
Quando o programa terminar, retire a massa da cuba da máquina de fazer pão para cima da bancada de cozinha, que deverá estar polvilhada com farinha para a massa não agarrar à bancada, e faça pãezinhos. Pincele com a gema e deixe repousar durante cerca de 30m.
Asse em forno médio, pré-aquecido, por cerca de 50 minutos, ou até que estejam dourados.

Rendimento: aproximadamente 24 unidades

Pão de Batata Doce

Crédito da Imagem: Irina Teles

Pão de Baunilha

Tenho farinha Custard cá em casa, que é muito boa para fazer uma espécie de leite creme sem ovos, e ontem inventei uma nova receita de pão com esta farinha: um pão com um sabor baunilhado, bem amarelinho!



Onde pode ser encontrada? A farinha Custard (Custard Powder) que comprei é da marca Ramazzotti e comprei-a no Jumbo, na secção das farinhas.


O que é esta farinha? Esta farinha não é mais que farinha de amido de milho (como a Maizena), com aroma de baunilha e corante alimentar, para que fique com aquela cor amarela bem bonita. Foi inventada por Alfred Bird, simplesmente porque a sua esposa era alérgica aos ovos e assim já podia fazer um leite creme sem ovos.

Ingredientes:
350 ml de água
1 colher e meia de sobremesa de sal
450 g de farinha de trigo
2 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de leite em pó
1 colher de sopa de farinha Custard
25g de fermento de padeiro

Confecção:
Colocar os ingredientes pela ordem indicada na cuba da máquina de fazer pão e programar a máquina para utilizar o programa "Normal".
Escolher a cor média e peso 750g.

Nota: este não é um pão doce, é levemente açucarado, mas se pretender um pão mais doce, pode juntar mais açúcar.

E o resultado foi este:

sábado, 17 de outubro de 2009

Pão de Leite na Actifry e MFP

Tenho mais uma ajudante na cozinha: comprei uma Actifry!



Para quem não sabe, a Actifry é uma fritadeira, mas não é igual às fritadeiras convencionais.
A Actifry frita 1Kg de batatas com apenas 1 colher de óleo (ou azeite)! E não faz só batatas fritas! Faz franguinho frito, choco frito, vegetais, salsichas, carne (por. ex carne de porco à alentejana)... é só dar largas à imaginação! E não suja a cozinha de salpicos de óleo, como acontece quando fritamos as batatas ao lume. :D
Isto só é possível porque a Actifry funciona com calor pulsado e não necessita daquele óleo todo que temos de despejar numa fritadeira convencional. Como resultado, conseguem-se fazer refeições muito mais saudáveis.
Até criei um blog para ir registando as receitas que acho que valem a pena: Receitas Actifry

Mas ainda estou um bocado "verde" com a Actifry e ando a ver na net que receitas poderei fazer nesta máquina.
Durante essa pesquisa, acabei de ficar com a boca aberta, quando soube que se pode fazer a massa do pão na MFP (até aqui tudo ok) e depois... cozer na Actifry, como alternativa ao cozer no forno!!

Vejam só!

Ingredientes:
100 ml água
250 ml de leite
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
1 colher de sopa de farinha custard
500 g farinha tipo 55
25 g fermento em barra
1 gema de ovo com leite (para pincelar)

Preparação:
Colocar na MFP (máquina de fazer pão) os ingredientes pela ordem indicada e utilizar o programa Massa.
Quando a massa estiver feita, colocar bolinhas de massa na Actifry (tirar a pá e tapar o buraquinho da pá), pincelar e deixar levedar mais 20 minutos dentro da Actifry. Cozer na Actifry durante 12 minutos.

Nota: receita retirada de Deliciosos Sabores.


Reblog this post [with Zemanta]

Dia Mundial da Alimentação e Dia Mundial do Pão

world bread day 2009 - yes we bake.(last day of sumbission october 17)

Hoje, dia 16 de Outubro, comemora-se o Dia Mundial da Alimentação e o Dia Mundial do Pão.
Este ano, a FAO (Food and Agriculture Organization) escolheu para o Dia Mundial da Alimentação o tema "O Direito à Alimentação" (“The Right to Food)”, demonstrando a importância de erradicar a fome e a pobreza. Pelas razões opostas, também é importante chamar a atenção sobre o consumo excessivo de alimentos, visto que apresentam repercussões graves para a saúde.

A comemoração deste Dia Mundial da Alimentação teve início em 1981, e é reconhecida em mais de 150 países como a mais importante data, para alertar e consciencializar a opinião pública sobre questões globais relacionadas com a alimentação.

Hoje é também o Dia Mundial do Pão ("World Bread Day 2009"), sendo este ano de 2009, a sua 4ª Edição com o título "Yes we bake".
Este dia foi instituído oficialmente em Novembro de 2000, em Nova York, pela UIB - International Union of Bakers and Bakers-Confectioners. A iniciativa tem como objetivo valorizar o produto mais popular nas mesas de todo o mundo, lembrando de sua importância na composição da alimentação diária.
Nesta 4ª edição de 2009 promove-se a confecção de pão caseiro, alimento este de características únicas e símbolo de partilha, tal como aparece referido na Bíblia, na qual o pão aparece retratado como um elemento essencial nas comemorações religiosas e encoraja, desta forma, a solidariedade através da partilha do pão de uns com os outros.
Com o avançar da sociedade, o pão passou a ser mais consumido pelo mundo inteiro ao mesmo tempo que as técnicas de panificação evoluíram, tornando a sua diversificação possível como um produto universal, feito de diferentes ingredientes e de forma diversificada.
Este é o alimento mais antigo e mais popular da humanidade.


Se estiver interessado em saber mais sobre a história do pão, pode ver neste link.

Reblog this post [with Zemanta]

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Tabela de Equivalências de Medidas Caseiras II


Hoje, uma amiga estava com dúvidas sobre as conversões das medidas caseiras, porque tem um copo que apenas marca as unidades de líquidos (mililitros) e ela queria saber a quanto equivale o volume dos líquidos em sólidos (em gramas de farinha, mais propriamente).
Descobriu na net que o volume dos líquidos é igual ao peso dos sólidos. Mas isto não é assim! Isto porque os sólidos têm pesos diferentes e como tal o seu volume também é diferente.

Olhando para o meu copo de medidas vejo que:

500ml de água = 320g de farinha = 450g de arroz = 500g de açúcar

(estes valores são aproximados)

Mas para ser mais exacta, transcrevo uma tabela de conversão de medidas retirada do site Vigor (outra marca do Brasil, não é a de Portugal) e que é uma tabela correcta, pelo que aconselho o seu uso para quem tiver dúvidas:

Líquidos (leite, água, óleo, bebidas alcoólicas, café, etc.):
1 xícara = 240 ml
1/2 xícara = 120 ml
1/3 xícara = 80 ml
1/4 xícara = 60 ml
1 colher (sopa) = 15 ml
1 colher (chá) = 5 ml

Manteiga, margarina e gordura vegetal:
1 xícara = 200 g
1/2 xícara = 100 g
1/3 xícara = 65 g
1 colher (sopa) = 15 g

Farinha de trigo:
1 xícara = 120 g
1/2 xícara = 60 g
1/3 xícara = 40 g
1/4 xícara = 30 g
1 colher (sopa) = 7.5g

Açúcar:
1 xícara = 180 g
1/2 xícara = 90 g
1/3 xícara = 60 g
1/4 xícara = 45 g
1 colher (sopa) = 12 g

Chocolate em pó (cacau em pó):
1 xícara = 90 g
1/2 xícara = 45 g
1/3 xícara = 30 g
1/4 xícara = 20 g
1 colher (sopa) = 6 g

Fermento Fresco:
2 colheres sopa = 50g

Sal:
1 colher sopa = 20 g
1 colher de café = 5 g

Gotas de Chocolate:
1 xícara = 130 g

Frutas Cristalizadas:
1 xícara = 150 g

Uva Passa:
1 xícara = 120 g
Reblog this post [with Zemanta]

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Pão Francês


View of the Eiffel Tower
Image via Wikipedia

Um pão francês é um pão que não leva qualquer tipo de gordura na sua confecção, a sua côdea é crocante e dourada e tem um miolo de cor branca.
Há receitas de pão em que é pedido para adicionar manteiga ou azeite, mas neste tipo de pão isso está totalmente proibido, senão não será um pão francês.

Ingredientes:
310 ml de água
560 g de farinha de trigo
2 colheres de chá de sal
2 colheres de sopa de leite em pó
2 colheres de sopa de açúcar
2 1/2 colheres de chá de fermento seco em pó para pão

Confecção:
Inserir, na cuba da máquina de fazer pão, os ingredientes pelas ordem acima indicada.
Utilizar o programa Pão Francês, tamanho 900g e cor média.

Fonte: baseada na receita do manual da máquina de fazer pão Fun Kitchen.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Lasanha de Pão de Forma

Lidl Stiftung & Co.Image via Wikipedia

Esta receita não é para ser feita na nossa querida máquina de fazer pão, mas é uma receita com pão e por isso merece destaque!
Veio publicada no folheto do LIDL da semana passada.
No folheto desta semana também aparece uma receita de uma espécie de pão, mas vou publicar essa receita mais tarde.

Então, a receita de lasanha de pão de forma faz-se assim:

Ingredientes (para 5 pessoas):
1 embalagem de pão de forma
300 g de fiambre fatiado
300 g de queijo flamengo fatiado
100 g de queijo mozzarella ralado
100 g de manteiga amolecida
4 ovos
4 dl de natas
4 colheres (sopa) de polpa de tomate
1 pitada de noz-moscada
Sal q.b.
Pimenta q.b.

Preparação:
Numa tigela, misture a manteiga com a polpa de tomate até ficar uma pasta lisa.
Torre as fatias de pão e barre-as, só de um lado, com a pasta.
Barre um tabuleiro de louça ou pirex com o resto da pasta, colocando de seguida camadas alternadas de pão, fatias de fiambre e de queijo, sendo que a última camada deve ser de queijo.
Numa tigela, misture os ovos com as natas, tempere com sal, pimenta e noz-moscada e mexa bem.
Verta sobre os ingredientes no tabuleiro e polvilhe com o queijo mozzarella ralado.
Leve ao forno pré-aquecido a 180°C durante cerca de 20 minutos.
Retire e sirva quente.

Informação retirada de LIDL Receitas



Reblog this post [with Zemanta]

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Pão Pesto

this is a picture of self made pesto in a martar.Image via Wikipedia

Recebi esta receita por email, numa compilação de receitas, mas desconheço quem é o autor original.
Mas não é por isso que há-de ficar na prateleira sem ser divulgada!

O pesto é um molho italiano, originário de Génova, na Ligúria, norte da Itália, composto por folhas de manjericão amassadas com azeite, pinhões, alho e sal.
Uma das utilizações bastantes comuns deste molho, consiste na sua adição à pasta (a nossa massa cozida), em conjunto com o queijo parmesão ralado, ou então como um dos molhos do fondue de carne.
Na saúde, as folhas e flores do manjericão são utilizadas no preparo de chás, devido às suas propriedades tónicas e digestivas. São indicadas ainda para tratar problemas respiratórios e reumáticos.

Ingredientes:
1 copo de leite com 1 ovo (coloque o ovo dentro do copo e complete o copo com leite)
1 ½ colher de sopa de azeite
1 ½ colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
5 colheres de sopa de manjericão picado
3 copos de farinha de trigo especial
2 colheres de chá de fermento biológico seco

Confecção:
Colocar na cuba da máquina de fazer pão todos os ingredientes acima indicados, respeitando a ordem. Colocar a cuba na máquina de fazer pão e programar a máquina para utilizar o programa Normal, tamanho 600g e cor média.
Reblog this post [with Zemanta]

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Pão de Canela e Erva-Doce

;Name: Foeniculum vulgare ;Familiy: Apiaceae
Image via Wikipedia
Ao fazer a receita do No-Knead Bread, utilizei farinha Espiga.
No pacote desta farinha, vem uma receita para ser feita com a máquina do pão, chamada Pão de Canela. Como já cá tenho um Pão de Canela no blog, vou chamar a este Pão de Canela e Erva-Doce para não confundir.

O funcho, também conhecido por anis-doce, erva-doce, maratro ou finóquio, ou fiuncho, é o nome vernáculo dado à espécie herbácea Foeniculum vulgare Mill. (sinónimo taxonómico de Anethum foeniculum L. e de Foeniculum officinale L.) uma umbelífera fortemente aromática comestível utilizada em culinária, em perfumaria e como aromatizante no fabrico de bebidas espirituosas e planta medicinal. O funcho é nativo da bacia do Mediterrâneo, com variedades na Macaronésia e no Médio Oriente, onde ocorre no estado silvestre, mas é hoje cultivado, sob diversas formas varietais, em todas as regiões temperadas e subtropicais.
Informação retirada de Wikipedia.
Reblog this post [with Zemanta]
Ingredientes:
250ml de água morna
1 dl de azeite
1 colher e meia de chá de sal
100 g de açúcar
500 g de farinha de trigo
2 colheres de café de canela
1 colher de café de erva-doce
1 colher de chá de fermento seco de padeiro
100 g de nozes picadas

Confecção:
Coloque os ingredientes na cuba, pela ordem indicada.
Quanto às nozes, junte-as somente quando a máquina apitar para adicionar ingredientes extra.
Programe a máquina para utilizar o programa Pão Branco e tamanho médio (750g).

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Pão de Mel e Laranja

orangesImage by WGyuri via Flickr

Este pão é ligeiramente doce, o que se torna adequado para um lanche ou pequeno almoço, cuja receita está publicada no livro Pain Maison, de Cathy Ytak.

Ingredientes:
270 ml de sumo de laranja misturado com água (50% sumo, 50% água)
30 g de manteiga derretida
40 g de mel
1 colher de chá de sumo de limão
450 g de farinha de trigo
2 colheres e meia de chá de levedura seca (fermento em pó para pão)
1 colher e meia de chá de sal
20 g de casca de laranja cristalizada picada

Confecção:
Inserir os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão, pela ordem indicada: primeiro os líquidos e depois os sólidos, excepto a casca de laranja cristalizada, que só deverá ser adicionada quando a máquina apitar para adicionar ingredientes adicionais.
Utilizar o programa normal, peso 750g e cor média.


Reblog this post [with Zemanta]

terça-feira, 6 de outubro de 2009

No-Knead Bread

Existe um pão muito famoso, cuja receita original de Jim Lahey, Sullivan Street Bakery, vem publicada no New York Times. Mas o que tem este pão de tão especial? É um pão feito com muito pouco fermento e que resulta num pão maravilhoso, estilo rústico, cuja chave do sucesso é o tempo: deixar fermentar durante bastante tempo para que o fermento possa actuar e multiplicar-se. O melhor de tudo é que não é preciso sovar a massa, nem sequer é preciso amassar na máquina do pão.
Assista aqui ao vídeo do New York Times, que ensina a fazer este pão e maravilhe-se como é fácil e como o pão fica com um aspecto gostoso :D

Este é o meu No-Knead Bread:



Aqui fica a receita, que é a tradução da original publicada no New York Times:

Ingredientes:
3 copos de farinha de trigo
1 copo e meio de água
1/4 colher de chá de fermento biológico seco para pão
1 1/4 colher de chá de sal
Farinha integral ou de milho para polvilhar

Confecção:
Juntar a farinha, o fermento e o sal num recipiente médio, e misturar com as mãos. Adicionar a água e misturar tudo até fazer uma massa peganhenta. É mesmo para ficar assim, não junte mais farinha.
Tape o recipiente com película aderente e deixar descansar a massa durante cerca 12 a 18h, a uma temperatura ambiente.
A massa estará pronta quando se vir na sua superfície algumas bolhas.


Polvilhar a bancada de cozinha com farinha e colocar lá a massa. Polvilhar a massa com um pouco de farinha e dobrar a massa sobre si mesma uma ou duas vezes, agarrando-a pelas pontas (no vídeo mostra como se dobra a massa). Se a massa estiver demasiado mole para ser dobrada (como me aconteceu a mim - devo ter-me enganado na medida da água), tal como é mostrado no vídeo, junte mais farinha à massa para que consiga dobrar a massa.

Tapar a massa com a película aderente e deixar descansar por mais 15m.
De seguida, moldar a massa para ficar com o aspecto de uma bola, usando apenas farinha para que a massa não se pegue às mãos.


Chegou agora a altura de usar a farinha integral ou de milho ou mesmo de trigo se preferir: polvilhar generosamente um pano de cozinha (que não seja felpudo) com esta farinha e colocar lá a massa. Polvilhar com mais fariha e cobrir com o resto do pano. Se não for suficiente, use mais um pano, porque agora o importante é ter a massa tapada.
Deixar descansar por mais 2h ou até ter duplicado o seu tamanho.



Meia hora antes de a massa estar pronta, aquecer o forno a 220ºC-250ºC e colocar lá dentro o recipiente que vamos usar como forma para o pão: uma panela de ferro, pirex ou um recipiente de cerâmica. O importante é que tenha uma tampa que possa ir ao forno.

Quando a massa estiver pronta, retirar o recipiente do forno com cuidado e colocar lá dentro a massa virada ao contrário do que estava na toalha. Pode abanar o recipiente se a massa estiver mal distribuída quando a colocou lá dentro, para que fique direitinha.

Tapar o recipiente com a sua tampa e colocar no forno novamente. Deixar cozer durante 30m, tirar a tampa e deixar cozer durante mais 15 a 30m até a côdea ter uma bela cor dourada.




Deixar arrefecer sobre uma rede para o ar poder circular pelo pão e não deixar acumular humidade.


sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Pão de Chocolate e Canela

Molten chocolate and a piece of a chocolate barImage via Wikipedia


O cacau é um fruto proveniente do cacaueiro, cuja origem é a América Central e do Sul, como o Brasil. Após o fruto do cacau ser colhido, é aberto e as suas sementes são deixadas a secar e a torrar ao sol. Quando estiverem secas, são moídas, dando origem a um pózinho chamado cacau, que tão bem conhecemos. Mas o cacau é amargo, logo quando se adicionou açúcar a este pó amargo, descobriu-se uma das melhores iguarias do mundo: o chocolate.
O chocolate é benéfico para a saúde, tem propriedades anticancerígenas e estimulantes cerebrais, é antioxidante sendo portanto benéfico para a circulação sanguínea, estimula o hipotálamo, induzindo sensações prazeirosas e elevando o nível de serotonina, no entanto deve ser consumido com moderação por causa da obesidade. Contém proteínas, gorduras, cálcio, magnésio, ferro, zinco, caroteno, vitaminas E, B1, B2, B3, B6, B12 e C, e ainda possui cafeína.

Esta receita aparece no livro "Manual de Receitas de Pão", de Vicky Smallwood e parece bastante delicioso!

Ingredientes:
1 chávena de leite morno
1 ovo batido
1 colher de sopa de manteiga (derretida)
4 colheres de sopa de mel
1/2 colher de chá de sal
2 e 3/4 chávenas de farinha de trigo, peneirada

1/4 chávena de cacau em pó, peneirada
1 colher de chá de canela em pó, peneirada
1 colher de chá de fermento seco em pó para pão

Confecção:
Colocar os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão, pela ordem indicada, tendo o cuidado de juntar a farinha, a canela e o cacau peneirados. Programar a máquina para seguir o programa básico e cor média.
Quando o programa terminar, colocar o pão a arrefecer sobre uma rede para que não crie humidade no seu interior.



Reblog this post [with Zemanta]

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Pão de Canela e Passas

A canela é obtida a partir de uma árvore chamada caneleira, nativa do Sri Lanka, sendo uma especiaria obtida a partir da parte interna da casca do tronco desta árvore.É uma especiaria bastante utilizada na culinária devido ao seu aroma e sabor intensos.
Estudos indicam que o uso de canela na quantidade de uma colher de chá diariamente reduz significantemente o açúcar no sangue e melhora a taxa de colesterol (LDL e triglicerídeos), beneficiando também diabéticos.
Texto adaptado da Wikipedia.

cinnamon craze!Image by bıtzı via Flickr
Ingredientes:
1 1/2 copos de água
2 colheres de sopa de margarina
4 copos de farinha de trigo
1/4 copo de açúcar
2 colheres de chá de sal
1 1/2 colheres de chá de canela em pó
2 1/4 colheres de chá de fermento seco para pão
3/4 copo de passas
 
Confecção:
Colocar todos os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão, excepto as passas, que deverão ser adicionadas quando a máquina fizer soar o sinal para serem adicionados ingredientes extra. Programar a máquina para utilizar o programa normal, cor média e tamanho de 900g.
Reblog this post [with Zemanta]

Pizza de Atum com Ovo

No fim de semana fizémos experiências com massa de pizza e para fazermos uma pizza rápida e fácil, fomos para a pizza de atum com ovo (são ingredientes que temos sempre na dispensa e estão prontos a usar).



Ingredientes:
1 copo de água
2 colheres de sopa de azeite
1/2 colher de chá de sal
3 copos de farinha
1 saqueta de fermento em pó para pão (Vahiné, Ramazzoti...)
3 colheres de leite em pó

Ingredientes para a cobertura:
1 cebola picada
1 pacote de polpa de tomate (200ml)
2 latas de atum
2 ovos cozidos
Queijo ralado misturado q.b.

Confecção:
Colocar todos os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão e programar para utilizar o programa Massa. Quando o ciclo terminar, a massa já terá repousado o suficiente e pode então ser trabalhada.
Polvilhar a bancada de cozinha com farinha, para a massa não agarrar à bancada, e tirar a massa da cuba da máquina de fazer pão para a bancada polvilhada de farinha. Dividir a massa ao meio, para se poderem fazer 2 pizzas.
Esticar a massa da pizza até fazer um círculo (o tamanho do círculo vai depender se gosta da massa mais alta ou mais fina).
Pré-aquecer o forno a 230º.
Untar um tabuleiro de ir ao forno com azeite e colocar a massa no tabuleiro, e leve a massa ao forno para uma primeira cozedura.
Retirar ao fim de 15m, e então começar a rechear a pizza: espalhar a polpa de tomate, colocar a cebola picada que foi misturada com o atum, colocar as rodelas de ovo cozido e por cima o queijo ralado.
Levar novamente ao forno por mais 15m e a pizza estará pronta a comer!
É bastante gostosa!
Reblog this post [with Zemanta]
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover