segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Pão Recheado com Azeitonas

A bowl of kalamata olives.Image via Wikipedia


Na oliveira, a azeitona surge bem verde, depois, a casca adquire tons acinzentados e logo vira dourada. Em seguida, torna-se castanha e o próxima passo da metamorfose é ir ficando arroxeada e ir escurecendo até ficar preta. Quanto mais escura, constata-se que mais tempo ela ficou no pé.

Cerca de 25% de sua composição é azeite de oliva, que, como todos os óleos vegetais, não contém colesterol mas é rico em ácidos graxos insaturados, que são benéficos para aumentar os níveis do "bom colesterol" (HDL). Apesar de ser muito benéfica, a azeitona tem essa quantidade de gordura, o que a torna muito calórica. Por isso, nutricionistas recomendam beliscá-la moderadamente como aperitivo e experimentar acrescentá-la aos pratos de carnes, massas e saladas.

Ingredientes:
1 e 1/3 de copo de água
6 colheres de sopa de azeite de oliva
1 colheres de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
4 copos de farinha de trigo especial
1 colher de sopa de fermento biológico seco

Recheio:
200 gramas de azeitonas pretas fatiadas
200 gramas de azeitonas verdes fatiadas

Confecção:
Retirar a forma de assar de dentro da panificadora. Colocar os ingredientes na ordem da receita, selecionar o tamanho do pão, o ciclo normal e a cor da casca desejada. Precionar o botão iniciar/parar. Após aproximadamente 30 minutos a panificadora bate a massa pela segunda vez. Retirar a massa, abrir e distribuir o recheio.
Enrolar como rocambole e colocar na forma de assar.
Deixar completar o ciclo.

Nota: esta receita é proveniente do livro de receitas da Britânia/Clatronic e a introdução é proveniente da Wikipedia.

Reblog this post [with Zemanta]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover