sexta-feira, 27 de maio de 2011

Envelopes de Devonshire

Esta receita surgiu recentemente na sugestão do dia do site Kitchenet.
Numa pesquisa pela net acerca da origem desta receita, vi que já tinha sido publicada no blog Docebel e como tem um aspecto tão delicioso, apeteceu-me experimentar para ver se é tão bom como dizem. Posso dizer que de sabor, não é um pão doce, mas é mesmo muito fofinho!

Adaptei a receita de modo a usar uma farinha preparada com fermento, por isso vou deixar ambas as receitas: a minha com a farinha preparada e a original.



INGREDIENTES:
(Modo tradicional na MFP)
Massa:

300ml de água morna
2 colheres de sopa de manteiga à temperatura ambiente
½ colher de chá de sal
2 colheres de sopa de leite em pó
2 colheres de chá de açúcar
1 ¼ colher de chá de fermento biológico seco
500g de farinha

(Modo alternativo com farinha preparada)
Massa:

300ml de água morna
2 colheres de sopa de manteiga (usei Vaqueiro líquida)
2 colheres de sopa de leite em pó
2 colheres de chá de açúcar
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional

Para terminar:
Ovo batido para pincelar
250g de doce de fruta
250g de queijo creme
Açúcar em pó para polvilhar

PREPARAÇÃO:
Colocar os ingredientes (do modo tradicional ou do modo alternativo) na cuba da máquina de fazer pão. Colocar a cuba na máquina e escolher o programa Massas.



Quando o programa terminar retirar a cuba, passar a massa para uma superfície enfarinhada e cortá-la em 12 partes iguais.

Moldar cada parte em bola e dispor num tabuleiro untado. Cobrir com película aderente e deixar levedar num local quente cerca de 20 a 30 minutos.



Pincelar as bolas com ovo batido.


Cozer em forno pré-aquecido 220ºC, durante 10 minutos, até ficarem douradinhas e as bases soarem a oco. Passar para uma rede e deixar arrefecer.

Antes de servir, fazer um golpe na diagonal quase até à base do pão. Encher com o doce e depois com o queijo creme. Polvilhar com açúcar em pó. Saltei este passo e comi mal acabou de sair do forno :)


Bom apetite!

4 comentários:

  1. uns envelopes assim é que eu não me importava nada de receber no correio.. lol
    devem ser fantásticos!

    ResponderEliminar
  2. ahahah :D
    São fantásticos de facto :)

    Bjs!

    ResponderEliminar
  3. Nao sei porque quando faco pao a minha cuba nunca cresci assim com o pao faco a receita tal e qual e coloco na minha maquina fe pao é o 13 Tefal que é massar e levedar e fico espantada a olhar esta imagem pois nunca isto me acontece??

    ResponderEliminar
  4. A mim nem sempre sai um pão levedado assim, mas de vez em quando chegam quase até à tampa!
    Deve ter a ver com a temperatura ambiente, temperaturas dos ingredientes, idade do fermento, não sei bem...
    Mas esta receita faz uma massa muito fofa mesmo.

    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover