segunda-feira, 7 de março de 2011

Pão de Côco

ReceitasMFP: Pão de Côco

Para este fim de semana fiz um Pão de Côco, uma variante deste Pão de Leite de Côco que uma vez fiz, com a farinha Pão Rústico da Nacional, que já tem o fermento para pão adicionado. Se usar outra farinha, não se esqueça de adicionar um pouco de sal e o fermento de padeiro - sei que no Brasil esta farinha não existe e já me têm perguntado como fazer no Brasil, por isso aqui fica a dica.

pão de côco


O côco é o fruto do coqueiro e é um alimento cujo valor nutritivo varia de acordo com seu estado de maturação, apresentando de forma geral, um bom teor de sais minerais (potássio, sódio, fósforo e cloro), e fibras, importantes para o estímulo da actividade intestinal.
Devido ao seu conteúdo em sais minerais, de potássio e sódio, é um alimento adequado contra a aterosclerose, para o sistema nervoso, cérebro e pulmões, além de ser um bom alimento para os diabéticos.
100 gramas de côco maduro fornecem 266 kcal (quilocalorias) e 100 gramas de água de côco, 22 quilocalorias.

Ingredientes:
200ml de leite de côco
1 ovo batido
Leite
500g de farinha Pão Rústico da Nacional
60g de côco ralado

Confecção:
Coloque o ovo batido num copo de medida e encha com leite até fazer 150ml.
Deite este preparado para a cuba da máquina de fazer pão e junte os 200ml de leite de côco.
Junte a farinha e o côco ralado.
Programe a máquina para utilizar o programa Pão Integral para que aqueça os ingredientes antes de começar a fazer o pão. Se a sua máquina não tiver este programa utilize o programa Pão Básico.
Peso 750g e cor média.

Bom apetite!

4 comentários:

  1. Lamento, mas vou ter que continuar a dizer que é uma pena que a criatividade deste blog tenha sido limitada às farinhas pre-feitas da Nacional. Se há um patrocínio, não é melhor logo assumi-lo?
    Eu gostava das receitas que via aqui pelo desafio de criar novos pães desde raíz, da matéria-prima, a farinha.
    Todas estas receitas "transformadas" já não constituem grande apelo, lamento.

    ResponderEliminar
  2. Não há patrocínio... há apenas a minha preferência assumida pela marca.

    Gosto das farinhas pré-feitas e esta é para mim a que apresenta melhor relação qualidade/preço.
    Também gosto da Branca de Neve, mas é mais cara.
    De certo que também tem as suas preferências nas marcas de certos alimentos... não?

    cumps
    Ana

    ResponderEliminar
  3. Mas obrigada pelo comentário, tenho de me lembrar que há quem não aprecie este género de farinhas e que também devo fazer receitas pelo modo tradicional ;)

    cumps
    Ana

    ResponderEliminar
  4. ... era mais aí que eu queria chegar... :-)

    Obg.

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover