segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Bolas Integrais Recheadas com Manteiga de Alho

Neste fim de semana, fiz uma receita de bolas de pão, de comer e chorar por mais!
Fiz uma bolas integrais com uma farinha que tem 7 cereais, recheadas com manteiga de alho.
É excelente para um lanche, devendo ser comidas ainda quentes com a manteiga a derreter. Delicioso!


E agora um pouco de informação sobre o alho...
São designadas como alho algumas plantas do gênero Allium , embora o termo se aplique especificamente ao Allium sativum, uma planta perene cujo bolbo (a "cabeça de alho") é composto por folhas escamiformes (os "dentes de alho"). É comestível e usado, tanto como tempero, como para fins medicinais.


Na culinária pode ser utilizado de diversas formas: cru, refogado, picado, em rodelas, etc, conforme os gostos que são pouco unânimes. Em geral, os povos mediterrânicos são os maiores apreciadores, empregando-o, geralmente, em conjunto com o tomate e a cebola. Outros povos, menos adeptos do seu uso, chegaram a designar a planta como "rosa fétida", devido ao seu odor forte e picante proporcionado pela essência de alho ou dialil sulfito (C3H5)2S.
Quando consumido em quantidades elevadas, esse odor pode tornar-se evidente no suor de quem o ingeriu. O hálito característico é geralmente considerado desagradável e pode ser minimizado se também for consumida salsa fresca.

O alho é utilizado desde a antiguidade como medicamento, tendo sido utilizado no Antigo Egipto com este fim. As suas propriedades anti-microbianas e os seus efeitos benéficos para o coração e circulação sanguínea já eram valorizados na Idade Média.

Possui um óptimo valor nutricional, com vitaminas (A, B2, B6, C), aminoácidos, adenosina, sais minerais (ferro, silício, iodo), enzimas e compostos biologicamente activos, como a alicina
O alho costuma ser indicado como auxiliar no tratamento da hipertensão arterial leve, redução dos níveis de colesterol, prevenção das doenças ateroscleróticas e contribui para a redução do enfarte agudo do miocárdio. Também se atribui ao alho a capacidade de prevenir resfriados e outras doenças infecciosas, e de tratar infecções bacterianas e fúngicas.

Agora, vamos passar à receita...

Ingredientes:
220 ml de água morna
1 ovo batido
1 colher de sopa de azeite
500 g de farinha Pão Vitale da Nacional

Ingredientes para a Manteiga de Alho:
3 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de salsa picada
50g de manteiga

Confecção:
Deitar o ovo batido no copo de medida, juntar a colher de sopa de azeite e completar com a água morna até chegar à medida de 300ml (será aproximadamente 220ml de água morna, dependendo do tamanho do ovo).
Deitar esta mistura para a cuba da máquina de fazer pão.
Juntar a farinha Pão Vitale da Nacional (que já contém sal e fermento).
Programar para usar o programa "Massa" (cerca de 1h30m).

Entretanto confeccione a manteiga de alho, misturando a manteiga com a salsa picada e o alho picado. Pode juntar mais alho, ou menos, consoante as suas preferências relativamente ao sabor deste.

Quando a massa estiver pronta, retire-a para uma superfície salpicada com farinha (para a massa não agarrar à bancada de cozinha) e divida-a em 8 porções.
Faça uma bola com cada uma das porções e pressione com o polegar em cada uma das bolas.


Coloque a manteiga de alho na concavidade feita, na massa, com o polegar.


Feche a massa, beliscando as bordas da massa, para unir.


Coloque a massa a levedar no forno a 50ºC, durante cerca de 30m.
Findo o tempo, aumente a temperatura do forno para 200ºC e deixe cozer durante 15m ou até ganhar cor.


Bom apetite!

Fonte do texto informativo: Baseado em informações retiradas da Wikipedia.

7 comentários:

  1. hmmmmmmmmmmmmm
    até dá vontade de ter uma MFP!

    ResponderEliminar
  2. Uma dúvida que tenho sempre... É uma dúvida um pouco parva, mas aqui vai...

    A farinha que se coloca na bancada onde se deposita a massa após estar na MFP é farinha normal ou é a mesma farinha utilizada anteiormente para a feitura da massa?

    Cumprimentos,
    Pedro.

    ResponderEliminar
  3. Olá PG,

    é mesmo farinha normal :)
    Só serve mesmo para a massa não pegar à bancada ;)

    ResponderEliminar
  4. Mais uma dúvida que pode parecer um pouco parva: como é que fazer para que a massa não cole nas mãos? E como é que conseguem tirar a massa da cuba da MFP? Desesperei... e metade da massa ficou entre a MFP e as minhas mãos!

    ResponderEliminar
  5. Olá Rita!

    Faz-se assim:
    Passa as mãos por farinha e depois começa a desagarrar a massa da cuba da MFP com os dedos, com a cuba virada ao contrário, para a massa cair para a bancada de cozinha. Se começar a colar aos dedos, volta a meter as mãos dentro de um pacote de farinha e volta a continuar a desagarrar a massa da cuba. Vai fazendo assim até tirar a massa por completo de dentro da cuba.
    Vai ver que a massa deixa de agarrar às mãos se as tiver sempre enfarinhadas ;)

    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover