sexta-feira, 19 de junho de 2009

Doce de Abóbora


Já que ando numa onda de fazer doces... hoje venho aqui explicar como fazer o doce de abóbora.

Ingredientes:
500g de abóbora cozida
500g de açúcar
1 pau de canela

Confecção:
Colocar na cuba da máquina de fazer pão a abóbora já cozida e cortada em bocados pequenos e o açúcar.
Programar a máquina para utilizar o programa "Compotas".
Quando estiver a 10m do final, coloque o pau de canela para dar aquele gostinho especial.
Quando o doce estiver pronto, deve-se deitar o doce para dentro de frasquinhos de vidro previamente esterilizados.
Deixar arrefecer, tapar e guardar no frigorífico.

26 comentários:

  1. Olá :-)

    'Brigada pelo site e pelas receitas maravilhosas. Recebi ontem a Bm256 e fui logo à net procurar inforamação...
    logicamente que vim parar aqui, e já me sinto em casa... cheira tão bem em todos os links :-)

    Mas cá vai uma dúvida:
    Minha perdição são os doces... principal razão por ter escolhido esta maquina. Agora fiquei um pouco tristinho pela falta de receitas de doces existentes no manual. pergunto:
    Será sempre +- a mesma quantidade de acçucar e de fruta?? 1kg no total (fruta + acçucar) será o ideal para o programa das compotas? Posso substituir todo o açucar por açucar amarelo?

    Obrigada pelo esforço e dedicação,
    cumprimentos

    ps: www.marginalazine.pt.vu
    Uma fanzine livre de todos para todos

    ResponderEliminar
  2. Olá Sérgio!
    Para fazer doces na máquina (ou ao lume) é sempre a mesma coisa: a mesma quantidade de açúcar para o mesmo peso de fruta. Já fiz 1Kg de doce no total (fruta+açúcar) na minha máquina de fazer pão e não houve problema nenhum: depois de feito, ficou a ocupar cerca de metade da cuba.
    Se desejar pode substituir todo o açúcar por açúcar amarelo.
    Se desejar pode adicionar pectina, para que o doce não fique tão líquido.

    Obrigada pelo comentário e peço desculpa por ter demorado a responder!
    Cumprimentos!

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela resposta.
    Entretanto ja fiz umas experiências... mas ainda não cheguei a consistência pretendida.
    Vou tentar adicionar pectina na próxima, se entretanto descobrir o que é e onde comprar :-)

    mais uma vez, dou os meus parabens pelo belo trabalho aqui no site.

    E deixo aqui um pedido:
    Não temos aí alguma receita para a MFP que use Poejos? É que eu tenho muitos no quintal e nunca sei o que fazer com eles... e a maioria deles acabam-se por estragar. O que é pena, estão bonitos e cheirão tão bem :-)

    Pão de Poejo?? ou Doce?? Eis a questão :-)

    Cumprimentos.
    Sérgio

    ResponderEliminar
  4. Também não faço ideia onde é que se compra pectina em Portugal... será que no Celeiro existe a pectina ou algum gelificante?

    Quanto aos poejos, pode experimentar fazer um pão, quem sabe se não ficará bom? :)
    A minha mãe fazia chá de poejos :)

    cumprimentos

    ResponderEliminar
  5. Lá está. Experimentei também ontem fazer a compota de morangos que vem no livro de receitas da máquina. Fica muito líquido. O seu doce de abóbora também ficou líquido? Será que se se aumentar o tempo na cuba, espessa mais sem termos de recorrer à pectina?

    ResponderEliminar
  6. P.S. - a dica dos pés de cereja é excelente!

    ResponderEliminar
  7. O meu doce também ficou um pouco líquido, mas na minha opinião deve ter sido devido à falta da pectina, que é um espessante.
    O problema é que ainda não vi pectina à venda.
    Alguém já viu pectina à venda?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode-se trocar a pectina por suco de limão, é a mesma coisa. Para cada receita 02 colheres de suco de limão. Não fica azedo, dá o brilho e a consistência de geleia,

      Eliminar
  8. Amanhã vou procurar, mas parece que não é tarefa fácil. Tentarei no Celeiro e no Corte Inglés. Se não houver aí... É porque não há mesmo...

    ResponderEliminar
  9. Pectina encontrada. Mais propriamente Pectigel Diese. Um pacote traz 2 saquetas de 30 gr. No Corte Inglés custa € 4,79 e no Celeiro € 5,20. Cada saqueta dá para 1 Kg de fruta e 1 kg de açúcar. Sendo que diz que a fervura deverá durar apenas 5 a 10 minutos, por isso não sei o que dá usando a MFP. Vou testar hoje à noite com abóbora (dizem que a abóbora é rica naturalmente em pectina).

    ResponderEliminar
  10. Que bom :)
    Eu tinha era procurado na secção de produtos naturais do Jumbo e Continente e não tinha achado.
    Usando a MFP, diria então que a pectina se adiciona quanto faltar 5 a 10m para o fim do programa :)

    Depois conte o resultado!

    Obrigada!

    ResponderEliminar
  11. Experiência com o Pectigel.

    Numa frase: não fiquei fã. E porquê? Na realidade o doce fica espesso, mas...

    Usei a sua receita de doce de abóbora, reduzi em 20% o açucar e substituí pelo Pectigel. Apenas com um programa de 1 hora e 20 minutos, o doce de abóbora ficou feito e espesso.

    A questão é o sabor. Penso que o Pectigel (a pectina natural encontra-se nos caroços de maçã, marmelo - daí a geleia de marmelo - e a parte branca da laranja e limão) confere ao doce um sabor acre que quebra, no doce de abóbora, aquele doce excessivo, quase enjoativo, que eu aprecio.

    Vou experimentar outros frutos e também vou tentar fazer novamente o doce de abóbora sem Pectigel. Só que como cá em casa o aglomerado é de apenas um, não há muita vazão para estes produtos e as dietas não perdoam. Por isso, até uma próxima experiência vai demorar um bocadinho.

    Se entretanto quiser partilhar quado conseguir experimentar, agradeço.

    ResponderEliminar
  12. Obrigada pela sua partilha!
    Se calhar para o sabor acre não ser tão agressivo, se calhar deve-se usar menos pectigel, será?

    Mais uma vez obrigada por ter partilhado a experiência,

    beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  13. A leitora Orquídea achou a solução, para evitar o pectigel: usar gelatina!
    Veja o último post :)

    beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  14. olá, eu vou fazer agora doce de abóbora. já não é a primeira vez que faço e o meu truque é muito simples...
    menos água (escorrer bem a abóbora depois de cozer) e mais tempo a cozer.
    Quando chega ao fim do programa se não estiver pronto, repito o programa.
    tem que se ter cuidado para não caramelizar.

    Tiago

    ResponderEliminar
  15. Isto são comentários em tempo real.
    Depois de um bom bocado a partir a abóbora (Depois de limpa fiquei aí com 6 kg), lá comecei o doce.
    500 gr de abóbora cozida e escorrida
    500 gr de açucar
    sumo de um limão pequeno
    uma colher de café de canela em pó (no final ainda sou capaz de juntar um pau de canela)
    programa compotas (1:20, mais o tempo que for necessário)

    Quanto ao limão foi um truque que aprendi algures, fica bem em quase todas as compotas. As compotas industriais usam ácido citrico e ácido ascórbico, ou seja sumo de limão.

    ResponderEliminar
  16. Olá parabéns por este blog. Pois para mim já teve duas proezas... :)
    1- Fez-me ir tirar a minha mfp à ultima prateleira da despensa onde estava arrumadinha.
    2 - Fez-me acertar com o doce de abóbora, que é o preferido do meu namorado.

    Para a próxima tenho é de fazer o doce com a casca de laranja também triturada, desta vez esqueci-me :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Ana

    já valeu a pena ter ido buscar a MFP à dispensa :D

    beijocas!

    ResponderEliminar
  18. Claro que valeu a pena ehehhe, das tuas receitas já fiz 3... se bem que ao doce de abóbora fiz as minhas adaptações, mas que resultaram muito bem também :)

    Mais uma vez obrigada e convido-te a espreitares as fotos das tuas inspirações no meu blog:
    http://paletedesabores.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. Bom dia
    Disseram-me que a Pectina substitui o açúcar nas compotas ou no doce de tomate. Pergunto: substitui o açúcar ou podemos somente deminui-lo?
    Obrigada
    Elisabete

    ResponderEliminar
  20. A pectina é um aditivo que transforma o doce em "gel", ou seja, ajuda a engrossar.
    Já encontrei à venda no Aldi, um pacote de açúcar gelificante, ou seja, já é um açúcar misturado com pectina e neste caso não necessita juntar mais açúcar ao doce.

    No entanto, se decidir fazer pectina natural da forma que já foi dita neste blog, aí precisa de juntar açúcar porque a pectina é amarga.

    Boas receitas
    Ana

    ResponderEliminar
  21. Ana muito obrigada pela indicação.
    Vou experimentar o tal açúcar.
    Pelo que percebi, só poupa tempo na confecção dos doces.
    Um abraço e obrigada
    Elisabete

    ResponderEliminar
  22. Exacto, a pectina ajuda a engrossar o doce mais rapidamente, evitando estar a repetir ciclos na MFP para que o açúcar engrosse :)
    É uma grande ajuda. :)

    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  23. se usar o açucar gelificante deve-se usar para a mesma proporção?
    500grfruta : 500gr de açucar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nádia
      Com açúcar gelificante as proporções são de 2:1 ou seja, 2 partes de fruta e uma de açúcar gelificante. Por exemplo: 500g de fruta e 250 de açúcar gelificante.
      Bjs
      Ana

      Eliminar

Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover