sexta-feira, 31 de maio de 2013

Bolas de Pão de 7 cereais

Já há muito tempo que não fazia receitas de pão multicereais e sementes, que são pães extremamente energéticos e nutritivos, equilibrados e saudáveis.
Dos preparados de farinhas multicereais que existem à venda no mercado, a minha preferência vai para o Pão Vitale da Nacional, que tem sementes de sésamo, sementes de trigo sarraceno, sementes de girassol, sementes de linhaça e ainda uma mistura de farinhas de trigo, glúten de trigo, farinha integral de centeio, farinha de cevada, farinha integral de aveia, farinha de trigo sarraceno, farinha de malte e farinha de espelta. Eu acho que vale a pena comprar, em vez de ter de comprar estas farinhas todas e fazer a mistura em casa, o que acaba por ser muito mais trabalhoso.
E assim fiz uma receita muito prática, de bolas de pão de 7 cereais.

Bolas de Pão de 7 Cereais
Bolas de Pão de 7 Cereais

Vamos então à receita?

Ingredientes:
300ml de água morna
500g de farinha Nacional Pão Vitale (já tem sal, fermento e a mistura de farinhas e cereais que indico acima)

Confecção:
Coloque os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão, pela ordem indicada.
Seleccione o programa Massa.

Pão de 7 Cereais

Findo o tempo, retire a massa para uma superfície previamente salpicada de farinha.
Molde bolas de massa e coloque-as sobre um tabuleiro que possa ir ao forno, também salpicado de farinha.

Bolas de Pão de 7 Cereais

Deixe levedar, colocando o tabuleiro com as bolas dentro do forno a 50ºC durante 1h
Findo o tempo, coza as bolas a 200ºC durante cerca de 15 a 20m, ou até as bolas ganharem cor.
Retire o tabuleiro, e deixe as bolas arrefecer sobre uma rede.

Bolas de Pão de 7 Cereais

Bom apetite!

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Pão Brioche de Açúcar Mascavado

Com uma simples receita de Pão Brioche, pode-se diversificar bastante e fazerem-se diversas iguarias.
Recorri mais uma vez ao açúcar mascavado, do qual falei na receita Caracóis de Brioche de Mel e Canela, para obter um paladar diferente e bastante agradável.
Quem aprecia o sabor do açúcal mascavado, não pode perder esta receita e pode assim beneficiar das suas propriedades.

Pão Brioche de Açúcar Mascavado
Pão Brioche de Açúcar Mascavado
Com o aproximar do Dia dos Namorados no Brasil, surpreenda a sua cara-metade com uma receita para adoçar ainda mais o coração do seu enamorado.

Vamos à receita?

Ingredientes:
235ml de água morna
500g de farinha Nacional Pão Brioche (já tem sal, fermento e manteiga)
Açúcar mascavado q.b.
1 ovo batido

Confecção:
Coloque a água morna na cuba da máquina de fazer pão e adicione a Farinha Brioche, da Nacional.
Seleccione o programa Massa.
Quando o programa terminar, retire a massa para a bancada de cozinha previamente enfarinhada e molde em pequenas bolas.
Coloque as bolas em cima de um tabuleiro (que possa ir ao forno) forrado a papel vegetal.

Pão brioche

Deixe levedar durante 1h dentro do forno a 50ºC. Como alternativa ao forno a 50ºC, pode tapar o tabuleiro com um pano e deixar num local abrigado de correntes de ar, durante 1h.
Findo o tempo, pincele as bolas de massa com o ovo batido e coloque açúcar mascavado por cima de cada uma das bolas.
Pão brioche

Leve a cozer no forno, a 200ºC, durante cerca de 10 a 15m (ou até ficarem com um aspecto dourado).

Pão brioche

Bom apetite!

Nota:
Se não tem acesso a esta farinha preparada, pode fazer a sua massa brioche recorrendo a esta receita de pão brioche, mas utilizando somente com o programa Massa.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Caracóis de Brioche, com Mel e Canela

Quem gosta de receitas com massa brioche?
Eu adoro o sabor desta massa! Para quem não sabe, é com esta massa que se fazem os pães de leite...  já sabem qual é?
Pois, foi a partir desta massa deliciosa que fiz uns caracóis, com mel e canela e ainda uma pitada de açúcar mascavado. Ficaram divinais!

Caracóis de Brioche, com Mel e Canela
Caracóis de Brioche, com Mel e Canela
Vamos conhecer melhor o açúcar mascavado...
O açúcar mascavado é o primeiro açúcar a ser extraído do suco da cana, sendo por isso um açúcal não refinado, de cor entre o dourado e o castanho, de cristal médio a grande, e com um aroma característico a rum (também extraído a partir da cana de açúcar).
Como é um açúcar não refinado, evita-se o processo de adição de químicos para branquear o açúcar sendo, comparativamente ao açúcar refinado, mais saudável. Mantém as vitaminas e sais minerais da cana de açúcar (cálcio, fósforo, magnésio e potássio).

Composição
Refinado
Mascavo
Calorias (cal)
387
376
Carboidratos (g)
99,9
97,33
Vitamina B1 (mg)
0
0,01
Vitamina B2 (mg)
0,02
0,01
Vitamina B6 (mg)
0
0,03
Cálcio (mg)
1
85
Magnésio (mg)
0
29
Cobre (mg)
0,04
0,3
Fósforo (mg)
2
22
Potássio (mg)
2
346
Fonte da tabela: Diabetes.org.br

Atenção que este não é o açúcar demerara, que é um açúcar refinado com adição de xarope para obter a cor amarelada. Nas embalagens de açúcar mascavado, também é possível encontrar expressões como "açúcar não refinado" ou "açúcar bruto de cana".

açúcar mascavado, mascavo
Açúcar mascavado
Vamos então à receita?

Ingredientes:
235ml de água morna
500g de farinha Nacional Pão Brioche (já tem sal, fermento e manteiga)
Mel
Canela
Açúcar mascavado q.b.

Confecção:
Coloque a água morna na cuba da máquina de fazer pão e de seguida junte a farinha com o preparado para Pão Brioche, da Nacional.
Programe a máquina para utilizar o programa "Massa".


Quando o programa terminar, retire a massa para a bancada de cozinha, que se salpicou de farinha (para a massa não colar à bancada).
Divida a massa em 2 porções e trabalhe cada uma delas isoladamente.
Estique a massa com os dedos e regue com mel.



Polvilhe com canela em pó.


Enrole a massa e corte-a com o cortador de pizza, em fatias de cerca de 2 a 3 dedos de largura.


Coloque a massa cortada num tabuleiro (previamente untado com óleo em spray, ou com margarina) que possa ir ao forno, com os caracóis de massa encostados uns aos outros.
Salpique os caracóis de massa com açúcar mascavado, para ficarem com um sabor mais crocante.


Leve os caracóis de massa ao forno, pré-aquecido a 200ºC, durante cerca de 10 a 15m (quando ficarem dourados, retire do forno).

Bom apetite!

Nota:
Se não tem acesso a esta farinha preparada, pode fazer a sua massa brioche recorrendo a esta receita de pão brioche, mas utilizando somente com o programa Massa.

domingo, 12 de maio de 2013

Almoço de Domingo: Lombo de Porco com Castanhas

Estou neste momento a fazer o lanche na MFP, mas enquanto o lanche não está pronto, deixo-vos a receita do meu Almoço de Domingo: Lombo de Porco com Castanhas.
Não estamos na época das Castanhas, mas graças ao congelador, tenho sempre castanhas de reserva, que aproveito para congelar no Outuno, já cozidas e descascadas para ser mais eficiente a sua utilização no dia-a-dia.
Eu costumo congelar os vegetais já descascados e cortados em pedaços, para que durante a semana (em que o tempo é sempre curto) não se perca tempo nestas tarefas ao fazer o jantar.

Mas como vos estava a dizer, venho mostrar-vos o meu almoço recorrendo aos temperos da Margão, que divulguei há pouco tempo atrás.
Este é o meu Lombo de Porco com Castanhas, com Ervas Finas Margão! Ficou muito bom e por isso será uma receita a repetir mais vezes!

Lombo de Porco com Castanhas

sábado, 11 de maio de 2013

Manual da MFP Lion UBM-423

Aqui vos deixo o manual da máquina de fazer pão da marca "The Bread Machine Lion" modelo UBM–423, que também inclui um livro de receitas para a máquina de fazer pão.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Hoje é Dia da Espiga!

Hoje é o Dia da Espiga (ou Quinta-feira da Espiga), celebrado no dia da Quinta-feira da Ascensão, sendo uma data móvel e que acompanha o calendário litúrgico cristão.

Faz parte da tradição portuguesa, ir neste dia ao campo colher espigas de vários cereais, flores campestres e raminhos de oliveira para fazer o ramo, chamado de Espiga, que depois é pendurado na cozinha ou sala, como amuleto para trazer a abundância, alegria, saúde e sorte. Em muitas terras, em dias de trovoada, arde-se, na lareira, um dos pés do ramo da Espiga para afastar a mesma. Nalguns sítios, junta-se uma fatia de pão ao ramo da Espiga, para que durante todo o ano não falte este alimento em casa.
Mas na verdade, hoje em dia são muito poucas as pessoas que seguem esta tradição, porque o ritmo de vida de hoje em dia não permite que as pessoas deixem as suas obrigações, para ir ao campo apanhar o ramo da Espiga.


As várias plantas que compõem a Espiga (e que podem mudar consoante a região) têm um significado especial, simbolizando diferentes valores que se pretendem manter ou obter durante o ano:

Espiga (trigo, centeio, cevada, aveia) – pão
Malmequer – ouro e prata (dinheiro)
Papoila – amor e vida
Oliveira – azeite e paz
Videira – vinho e alegria
Alecrim – saúde e força



Crê-se que esta celebração tenha origem nas antigas tradições pagãs, por todo o mediterrâneo, para celebrar a Primavera e consagrar a Natureza.

sábado, 4 de maio de 2013

O meu jantar: Esparguete de Vegetais com Pérolas do Mar

Hoje o meu jantar foi feito em menos de 15m, com ajuda das especiarias Margão (que divulguei neste post) e por isso a receita merece ser divulgada: um Esparguete de vegetais com Pérolas do Mar (a acompanhar com pão feito na máquina).
Para além de ter sido rápido e fácil, ficou bom!


Quem quiser, pode ver a receita no meu blog de receitas Receitas para a Bimby e Não Só!
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover