quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Pizza do Mar

Trago-vos mais uma sugestão de pizza, que pode fazer com a ajuda da sua máquina de fazer pão, para uma refeição. Esta é uma Pizza do Mar, com atum.

Pizza do Mar
Rende: 2 pizzas

Ingredientes da massa:
240 ml de água morna
1 colher de chá de vinagre de vinho branco
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
1 colher de chá de orégãos
400 g de farinha Pão Caseiro da Nacional

Ingredientes da pizza:
Atum
Cebola picada
Ovo cozido, laminado
Polpa de tomate
Queijo ralado (mozzarella, emmental, cheddar e gouda)

Confecção:
Coloque os ingredientes da massa na cuba da máquina de fazer pão e programe a máquina no programa massa, somente durante meia hora (não é necessário esperar o programa todo).
Retire a massa para a bancada de cozinha, previamente salpicada com farinha, para que a massa não pegue à bancada de cozinha.

Divida a massa em duas porções e trabalhe cada uma das porções individualmente: use um rolo de cozinha para esticar a massa no formato que desejar (circular ou rectangular).


Coloque a massa esticada em tabuleiros que possam ir ao forno, untados com óleo em spray, e coloque a massa dentro do forno a levedar (entre 30m a 1h), com o forno desligado ou a 50ºC.
No fim de levedar, levar a cozer durante 5 a 10m, a 200ºC.
Retire do forno.


Espalhe a polpa de tomate por cima da base da pizza, adicione a mozzarella, junte o atum, o ovo laminado e a cebola picada.
Coloque o queijo ralado por cima (emmental, cheddar e gouda)

Levar a cozer a 200º durante 15m.
Colocar uma folha de papel de alumínio por cima, se a pizza começar a querer queimar.

Bom apetite!

Pizza Campestre

De vez em quando volto a fazer pizza para a refeição.
Adoro o sabor da pizza caseira, feita no forno, deixando um cheirinho delicioso pela casa.

Hoje trago-vos a receita da Pizza Campestre!

Pizza Campestre
Rende: 2 pizzas

Ingredientes da Massa:
1 colher de chá de sal
50g de azeite
200g de água morna
400g de farinha Pão Caseiro da Nacional

Ingredientes da Pizza:
Bacon cortados às tirinhas q.b.
2 ovos cozidos, laminados
Milho q.b.
Cogumelos laminados q.b.
Queijo Ralado (mozzarella, emmental, cheddar, gouda)
Polpa de tomate

Confecção:
Colocar os ingredientes pela ordem indicada na cuba da máquina de fazer pão.
Programar para usar o programa massa.
Findo o tempo, divida a massa em duas porções.
Trabalhe cada uma das porções individualmente: use um rolo de cozinha para esticar a massa no formato que desejar (circular ou rectangular).
Coloque a massa esticada em tabuleiros que possam ir ao forno, untados com óleo em spray, e coloque a massa dentro do forno a levedar (entre 30m a 1h), com o forno desligado ou a 50ºC.
No fim de levedar, levar a cozer durante 5 a 10m, a 200ºC.
Retire do forno.
Espalhe a polpa de tomate por cima da base da pizza, coloque alguma mozzarella, junte o bacon, os ovos laminados, o milho e os cogumelos laminados.
Coloque o queijo ralado por cima (emmental, cheddar e gouda)

Levar a cozer a 200º durante 15m.
Colocar uma folha de papel de alumínio por cima, se a pizza começar a querer queimar.

Bom apetite!

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Bolos do Coração

O Dia dos Namorados é celebrado em Portugal a 14 de Fevereiro, data da morte de São Valentim, assim como na maioria dos países, com excepção feita para alguns países, como o Brasil, onde é comemorado a 12 de Junho (véspera do dia de Santo António, santo português com tradição casamenteira).

Letras depois de cozidas - "Love u"!
São Valentim, considerado mártir pela igreja católica, foi um bispo que lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que tinha proibido os casamento durante os tempos de guerra, acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
Além de continuar celebrando casamentos, ele casou-se secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como "Your Valentine" (Do seu Valentim).
Texto adaptado da wikipedia

Por isso, tendo em vista a proximidade do dia de São Valentim, sugiro-lhe uns "Bolos do Coração" para presentear a sua cara metade.

Bolo do coração, depois de cozido

Bolos do coração, barrado com a calda de leite condensado
 e polvilhado com côco ralado e canela


Ingredientes:
130ml de leite condensado (meia lata)
130ml de água morna
2 ovos batidos
3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de margarina líquida
600g de farinha Pão Caseiro da Nacional (já tem sal e fermento)

Para finalizar:
Côco ralado para polvilhar
2 colheres de sopa de leite em pó
3 colheres de sopa de leite
130ml de leite condensado (meia lata)
Canela (opcional)

Confecção:
Coloque na cuba da máquina de fazer pão, o leite condensado, a água, os ovos, o azeite, a margarina e a farinha (que já tem o sal e o fermento). Seleccione o programa Massa e deixe a máquina trabalhar só durante 5m.
Ao fim deste tempo desligue a máquina, porque os ingredientes já estarão todos misturados, com a massa em formato de bola, e não é necessário continuar na MFP.
Retire a massa para a bancada de cozinha (não é necessário polvilhar com farinha, porque a massa já tem gordura suficiente para não agarrar nem à bancada, nem às mãos).
Divida a massa em 10 porções, para que se possam moldar os corações.

Esticar a massa, depois de dividida em porções

Faça rolinhos de massa, fazendo deslizar as mãos sobre a massa, e dê o formato de coração, como sugerido nas imagems. Também poderá fazer letras com os rolinhos de massa e surpreender assim a sua cara metade, com uma mensagem comestível, ou fazer rosquinhas (entrançar 2 rolos de massa um no outro)

Letras e rosquinha, em massa

Bolos do coração, em massa

Coloque cada um dos corações num tabuleiro (que possa ir ao forno) coberto por uma folha de papel vegetal (para a massa não agarrar ao tabuleiro).

Coloque no forno, a 50ºC, durante 1h, para que a massa possa levedar e assim crescer.
Ao fim deste tempo, suba a temperatura do forno para 180ºC e deixe cozer durante aproximadamente 15m (ou até a massa ficar com cor dourada). Se fizer porções maiores (como as rosquinhas), estas levarão mais tempo a cozer.
Rosquinha, que ficou no forno depois de as letras estarem cozidas
 e de terem sido retiradas do tabuleiro

Enquanto a massa coze no forno, prepare a calda de leite condensado no fogão.
Junte, num tachinho pequeno, o restante leite condensado, o leite em pó e o leite. Deixe cozer, mexendo sempre, até engrossar.
Calda de leite condensado
Calda de leite condensado

Quando os bolinhos estiverem prontos, retire do forno, regue com a calda de leite condensado e polvilhe com o côco ralado. Pode utilizar canela, espalhada com a ponta dos dedos, para realçar os corações.

Bolos, depois de cozer

Bolos barrados com a calda de leite condensado

Bolos polvilhados com côco ralado

Bolos do coração, depois de cozer

Bolos do coração, barrados com a calda de leite condensado

Bolos do coração, polvilhados com côco ralado

Rosquinha, depois de cozer

Rosquinha, depois de barrada com a calda de leite condensado
 e polvilhada com o côco ralado

Bom apetite!

Nota:
Não se esqueça que se utilizar farinhas que não sejam especialmente preparadas com sal e fermento para a MFP (como as que costumo usar), deve adicionar 1 colher de chá de sal e 40g de fermento de pão.
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover