sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Pãezinhos com Sementes de Papoila

Continuando com o tópico de receitas de pãezinhos (carcaças, papo-secos, ou como lhe queiram chamar - dependendo da zona), trago-vos ainda a receita de Pãezinhos com Sementes de Papoila.

Pãezinhos de Sementes de Papoila
Pãezinhos de Sementes de Papoila

É a partir da Papoila (ou Papoula), uma planta da família Papaveraceae, que se extrai o ópio, no entanto as suas sementes são amplamente utilizadas na culinária.

papoilas
Papoilas (fonte: wikipedia)

Mas o ópio não é ilegal? Porque existem à venda estas sementes?
O ópio (narcótico) é extraído dos bolbos da planta ainda verde, enquanto que a especiaria é retirada quando a planta já está seca. Comparando a quantidade de ópio existente numa semente com a quantidade existente no bolbo, a semente contém um nível muito baixo de ópio e por isso não é prejudicial o seu consumo. Daí que, para culinária, é permitido o seu uso e sua venda. Em Portugal estão à venda na secção de produtos naturais de qualquer hipermercado, ou supermercado biológico.

A civilização Suméria (considerada a civilização mais antiga da humanidade) já utilizava estas sementes, assim como os Egípcios, cujos papiros que datam de 1550 AC referem a sua utilização como sedativo, no entanto muitas outras civilizações referem estas sementes como um remédio para ajudar a adormecer, promover a fertilidade e riqueza e ainda fornecer poderes mágicos de invisibilidade (juro que esta última parte é referida por Scott Cunningham (2004). Cunningham's Encyclopedia of Magical Herbs. Llewellyn. p. 211. ISBN 978-0-87542-122-3).

Estas sementes têm menos de um milímetro de comprimento e são necessária cerca de 3300 sementes para completarem 1 grama. São altamente nutritivas e menos alergénicas que outras sementes.

Factos interessantes:
A venda de sementes de papoila Papaver somniferum foi banida de Singapura, devido a ter no seu conteúdo  uma quantidade mínima de morfina, tendo sido também banidas da Arábia Saudita por questões religiosas e devido ao controlo anti-drogas. Nos Emirados Árabes Unidos, se um turista carregar consigo sementes de papoila, ficará preso. Por isso, cuidado com as viagens nestes países.

O consumo de sementes de papoila pode levar a casos de falsos positivos, em testes anti-droga, por causa de conter uma quantidade mínima de alcalóides de ópio (como a morfina e codeína), por isso se viajar, não consuma bolos nem pães com estas sementes.
Um exemplo, na ficção, de um teste falso positivo, ocorreu no episódio da série Seinfeld "The Shower Head", onde Elaine consumiu bolos com sementes de papoila.

(fonte: adaptado de artigo da wikipedia)

Com estas sementes pode:
Colocar em cima de pão, juntar aos cereais, adicionar em massas de pão ou bolos, comer com frutas e iogurte...

Sementes de Papoila
Sementes de Papoila

Sementes de Papoila
Embalagem de Sementes de Papoila
Informação nutricional (por 100g) das Sementes de Papoila:
Valor energético: 533Kcal / 2231 KJ
Proteínas: 18g
Hidratos de Carbono: 23,7g
Cálcio: 1448,4 mg (181% da DDR)
Ferro: 9,4 mg (87,1% da DDR)
Lípidos: 44,7g
Fibras Alimentares: 10g

DDR - Dose Diária Recomendada

Vamos à receita?

Ingredientes:
320ml de água morna
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional (já tem sal e fermento)
Sementes de Papoila q.b

Confecção:
Coloque a água e a farinha (já com o sal e fermento) na cuba da máquina de fazer pão.
Seleccione o programa "Massa" (cerca de 1h30m)
Findo este tempo, retire a massa para cima de uma bancada salpicada com farinha (para a massa não agarrar).
Divida a massa em 8 porções.
Estique cada uma das porções e coloque sementes de papoila em cada uma das porções.
Feche a massa beliscando com os dedos a união da massa, e amasse um pouco cada porção de massa de pão, para que estas sementes se distribuam uniformemente pelo pãozinho, com as mãos.
Dê uma forma arredondada a cada uma das porções de massa de pão.
Deite um pouco de sementes de papoila na bancada e faça rolar a bola de pão sobre estas sementes. Isto fará com que o exterior do pão fique com sementes agarradas.

Pãezinhos de Sementes de Papoila
Pãezinhos de Sementes de Papoila

Coloque cada porção num tabuleiro, que possa ir ao forno, previamente salpicado com farinha.
Coloque o tabuleiro dentro do forno, a 50ºC, durante 1h, para a massa poder crescer novamente.
Findo este tempo, aumente a temperatura do forno para 180ºC e deixe cozer durante 25m, ou até o pão ficar com cor dourada.

Nota:
Não se esqueça que se utilizar farinhas que não sejam especialmente preparadas com sal e fermento para a MFP (como as que costumo usar), deve adicionar 1/2 colher de chá de sal e 12g de fermento de padeiro (meio cubo).

Pãezinhos com sementes de Chia

Pãezinhos de Sementes de Chia
Pãezinhos de Sementes de Chia
Trago-vos a receita de pãezinhos de sementes de chia... Não conhecem estas sementes? Fica já aqui uma breve descrição destas sementes, muito importantes na nossa alimentação.

Embalagem de Sementes de Chia
Embalagem de Sementes de Chia
Embalagem de Sementes de Chia
Embalagem de Sementes de Chia

A Salvia hispanica, popularmente chia, é uma planta herbácea da família das lamiáceas (assim como a linho e a sálvia), nativa da Guatemala e das regiões central e austral mexicanas (e Colômbia).
Existem registos históricos de que os astecas cultivavam o vegetal em tempos pré-colombianos no Códice Mendoza, datado do século XVI, documento no qual também se mencionava sua relevância agrícola à época.
Sendo mais conhecida pela sua semente, a qual é comercializada integralmente, moída ou em forma de óleo, a chia também é dona de folhas que podem ser aproveitadas para infusões. Ambos derivados, independente da forma, são tidos como ricas fontes de minerais, aminoácidos essenciais e ómega 3. É frequentemente enaltecido o seu potencial na prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes e até tumores, além de auxiliar na perda de peso.

Sementes de Chia
Sementes de Chia

A semente de chia possui formato oval e "diâmetro" de aproximadamente 2 mm. É visivelmente a principal parte da planta em âmbitos comerciais e gastronómicos.

Características nutricionais
A semente de chia é, por vezes, considerada um alimento funcional dadas suas características compositivas. Seu efeito mucilaginoso (o de absorver e reter quantidade significativa de água, como um emulsificante), devido à alta concentração de fibras, torna a chia interessante para quem busca emagrecer, visto que pode intensificar a sensação de saciedade.

Vejamos a importância nutricional da semente de chia:
Ómega 3: A semente da chia é uma das mais ricas fontes conhecidas (tanto entre as vegetais quanto entre as animais) do ácido alfalinolênico, um dos ácidos gordos classificados como ómega 3.
Cálcio: cinco vezes a concentração do mineral encontrada no leite de vaca.
Magnésio: 100 gramas da semente de chia pode conter o mesmo que 200g do mineral presente em nozes ou 1,6 kg de bróculos, por si só considerados alimentos ricos neste nutriente.
Manganês e fósforo: 100 gramas de chia contêm 108% do manganês e 95% do fósforo recomendados para um adulto, numa dieta de 2.000 calorias/dia.
Proteínas: 15% da composição da chia é proteica, sendo seus aminoácidos, em conjunto, formadores de alto valor biológico. Apenas 28 gramas da semente fornecem 9% da proteína recomendada para um adulto, em média.
Fibras: a alta concentração de fibras alimentares (38 gramas a cada 100) faz da chia um aliado do emagrecimento e na boa digestão.
Antioxidantes: a presença do flavonoide kaempferol e, em menor quantidade, os ácidos cafeico e clorogénico presentes conferem à chia um efeito antioxidante.

(fonte: informação adaptada da Wikipedia)

Agora que conhecemos melhor os benefícios destas sementes, que podem ser ingeridas através do pão, misturadas em sopas, iogurtes ou mesmo na água (formando um gel), saladas, cereais...

Ingredientes:
320ml de água morna
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional (já tem sal e fermento)
Sementes de Chia q.b

Confecção:
Coloque a água e a farinha (já com o sal e fermento) na cuba da máquina de fazer pão.
Seleccione o programa "Massa" (cerca de 1h30m)
Findo este tempo, retire a massa para cima de uma bancada salpicada com farinha (para a massa não agarrar).
Divida a massa em 8 porções.
Estique cada uma das porções e coloque sementes de chia em cada uma das porções.
Feche a massa beliscando com os dedos a união da massa, e amasse um pouco cada porção de massa de pão, para que estas sementes se distribuam uniformemente pelo pãozinho, com as mãos.
Dê uma forma arredondada a cada uma das porções de massa de pão.
Deite um pouco de sementes de chia na bancada e faça rolar a bola de pão sobre estas sementes. Isto fará com que o exterior do pão fique com sementes agarradas.

Pãezinhos de Sementes de Chia
Pãezinhos de Sementes de Chia
Coloque cada porção num tabuleiro, que possa ir ao forno, previamente salpicado com farinha.
Coloque o tabuleiro dentro do forno, a 50ºC, durante 1h, para a massa poder crescer novamente.
Findo este tempo, aumente a temperatura do forno para 180ºC e deixe cozer durante 25m, ou até o pão ficar com cor dourada.

Nota:
Não se esqueça que se utilizar farinhas que não sejam especialmente preparadas com sal e fermento para a MFP (como as que costumo usar), deve adicionar 1/2 colher de chá de sal e 12g de fermento de padeiro (meio cubo).

Esfiha de Rissol

Esfirra ou esfiha é uma massa de pão assada no forno, com diversos recheios, originária do Líbano e da Síria, mas também encontrada noutros países do Médio Oriente.

E foi com base no conceito de esfiha, que adaptei à culinária portuguesa, envolvendo rissóis que sobraram de uma refeição. Apesar dos salgadinhos serem óptimos petiscos, mesmo frios, ao serem envolvidos tornam-se uma reinvenção da arte de cozinhar.


Esfiha de Rissol
Esfiha de Rissol
Esfiha de Rissol
Esfiha de Rissol

A culinária é mesmo isso, não só saber fazer receitas que já existem, mas também reinventar receitas com outros ingredientes que tenhamos disponíveis.

Deixo-vos a receita da Esfiha de Rissol.

Ingredientes:
320ml de água morna
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional (já tem sal e fermento)
8 Rissóis já fritos, que tenham sobrado de uma refeição.

Confecção:
Coloque a água e a farinha (já com o sal e fermento) na cuba da máquina de fazer pão.
Seleccione o programa "Massa" (cerca de 1h30m)
Findo este tempo, retire a massa para cima de uma bancada salpicada com farinha (para a massa não agarrar).
Divida a massa em 8 porções.
Estique cada uma das porções e coloque no centro de cada porção um rissol.

Esfiha de Rissol
Esfiha de Rissol

Feche a massa com os dedos, apertando no ponto de união da massa.

Esfiha de Rissol
Esfiha de Rissol

Coloque cada porção num tabuleiro, que possa ir ao forno, previamente salpicado com farinha.
Coloque o tabuleiro dentro do forno, a 50ºC, durante 1h, para a massa poder crescer novamente.

Findo este tempo, aumente a temperatura do forno para 180ºC e deixe cozer durante 25m, ou até o pão ficar com cor dourada.

Nota:
Não se esqueça que se utilizar farinhas que não sejam especialmente preparadas com sal e fermento para a MFP (como as que costumo usar), deve adicionar 1/2 colher de chá de sal e 12g de fermento de padeiro (meio cubo).

Bom apetite!

Pão com Chouriço

Pão com chouriço na MFP, máquina de fazer pão
Pão com Chouriço

Tenho andado meio desaparecida aqui do blog, devido a doença prolongada da minha sogra, internada há vários meses e que acabou por falecer esta semana, numa batalha perdida contra o cancro. Acabo de regressar do seu funeral.
Aqui lhe presto a minha homenagem, a uma grande mulher batalhadora, amiga e sempre com um sorriso nos lábios.

Uma das receitas feitas neste mês é um simples pão com chouriço, que acho que nunca publiquei aqui.
É bastante simples de fazer e é um dos pães mais gostosos que existem!

Ingredientes:
320ml de água morna
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional (já tem sal e fermento)
1 chouriço cortado aos bocados, sem pele

Confecção:
Coloque a água e a farinha, pela ordem indicada, na cuba da máquina de fazer pão.
Seleccione o programa Pão Básico, cor média e peso 750g.
Quando a máquina apitar, adicione o chouriço.
Quando o pão estiver pronto, desenforme e deixe arrefecer sobre uma grelha, para não acumular humidade.

Bom apetite!

Nota:
Se usar farinha normal, não se esqueça de adicionar 1/2 colher de chá de sal e 12g de fermento de padeiro.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Recebi um Miminho da Margão: Kits de Receitas Inspiradoras Margão

Venho mostrar-vos o miminho que recebi da Margão: 4 kits de Receitas Inspiradoras Margão (Caril de Frango, Carne de Porco com Maçã e Ervas Aromáticas, Carne de Vaca com Ervas do Mediterrâneo e Frango com Alecrim Mel e Limão) acompanhadas das respectivas receitas (que aparecem na parte de trás de cada embalagem).
Estes kits têm especiarias pré-doseadas, necessárias para confeccionar a refeição, indicada para 4 pessoas.

Kits de Especiarias Margão: Receitas Inspiradoras
Kits de Receitas Inspiradoras Margão

Até agora ainda só confeccionei a receita do Frango com Alecrim, Mel e Limão, mas posso já dizer que esta é uma receita muito económica (total de cerca de 3€ por pessoa) e que nos permite usar outras especiarias para além daquelas que habitualmente usamos. Desta forma podemos descobrir a existência de outros sabores.
De acordo com o Continente Online, cada kit custa 1,99€.

A receita de Frango com Alecrim, Mel e Limão, partilho no meu outro blog Qb Receitas, de receitas tradicionais de tacho, fogão, forno, etc.
Vejam só como ficou! Nhami!

Frango com Alecrim Mel e Limão kit Margão
Frango com Alecrim, Mel e Limão

Obrigada Margão, gostei imenso (e o meu maridão também)!

Já conheciam estes Kits de Receitas?
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover