domingo, 29 de maio de 2011

Bolachas de Manteiga


Hoje fiz umas bolachas de manteiga inspirada numa receita do blog Tasted Memories. Fiz as minhas modificações e saíram umas bolachinhas muito deliciosas, mas para serem comidas com moderação devido à quantidade de manteiga que levam!
Como se costuma dizer... "1 minuto na boca e toda a vida nas ancas" :)

Ingredientes:
(Modo Tradicional):

250g de manteiga
1 ovo batido
180g de açúcar
440g de farinha de trigo T55
1 colher de fermento para bolos
Óleo para untar


(Modo Alternativo, com farinha preparada para bolos)
250g de manteiga
1 ovo batido
180g de açúcar
440g de farinha Branca de Neve (que já inclui fermento para bolos)
Óleo em spray Espiga, para untar

Confecção:
Derreter a margarina no microondas.
Colocar a manteiga derretida na cuba da máquina de fazer pão, juntar o ovo batido, o açúcar e a farinha.
Seleccionar a opção Massa. Enquanto a máquina mistura a massa, pode ajudar a desagarrar massa/farinha das paredes da cuba com uma espátula de madeira (de madeira ou plástico, para não riscar a cuba).
Deixe a máquina bater a massa somente durante 15m, findo os quais pode desligar a máquina.
Molde as bolachinhas com as mãos (ou utilize um dispara-biscoitos) e coloque num tabuleiro untado com o óleo.


Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 15m ou até as bolachinhas ficarem douradas.

Nota:
Para não correr o risco de as bolachas se agarrem ao tabuleiro, pode colocar as bolachas sobre papel vegetal untado em cima do tabuleiro, em vez de colocar as bolachas directamente no tabuleiro untado.

Bom apetite!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Envelopes de Devonshire

Esta receita surgiu recentemente na sugestão do dia do site Kitchenet.
Numa pesquisa pela net acerca da origem desta receita, vi que já tinha sido publicada no blog Docebel e como tem um aspecto tão delicioso, apeteceu-me experimentar para ver se é tão bom como dizem. Posso dizer que de sabor, não é um pão doce, mas é mesmo muito fofinho!

Adaptei a receita de modo a usar uma farinha preparada com fermento, por isso vou deixar ambas as receitas: a minha com a farinha preparada e a original.



INGREDIENTES:
(Modo tradicional na MFP)
Massa:

300ml de água morna
2 colheres de sopa de manteiga à temperatura ambiente
½ colher de chá de sal
2 colheres de sopa de leite em pó
2 colheres de chá de açúcar
1 ¼ colher de chá de fermento biológico seco
500g de farinha

(Modo alternativo com farinha preparada)
Massa:

300ml de água morna
2 colheres de sopa de manteiga (usei Vaqueiro líquida)
2 colheres de sopa de leite em pó
2 colheres de chá de açúcar
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional

Para terminar:
Ovo batido para pincelar
250g de doce de fruta
250g de queijo creme
Açúcar em pó para polvilhar

PREPARAÇÃO:
Colocar os ingredientes (do modo tradicional ou do modo alternativo) na cuba da máquina de fazer pão. Colocar a cuba na máquina e escolher o programa Massas.



Quando o programa terminar retirar a cuba, passar a massa para uma superfície enfarinhada e cortá-la em 12 partes iguais.

Moldar cada parte em bola e dispor num tabuleiro untado. Cobrir com película aderente e deixar levedar num local quente cerca de 20 a 30 minutos.



Pincelar as bolas com ovo batido.


Cozer em forno pré-aquecido 220ºC, durante 10 minutos, até ficarem douradinhas e as bases soarem a oco. Passar para uma rede e deixar arrefecer.

Antes de servir, fazer um golpe na diagonal quase até à base do pão. Encher com o doce e depois com o queijo creme. Polvilhar com açúcar em pó. Saltei este passo e comi mal acabou de sair do forno :)


Bom apetite!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Pão de Chouriço e Farinheira

Neste fim de semana reaproveitei ingredientes que tinha no frigorifico: chouriço e farinheira, que tinham sobrado de terem servido como acompanhamento a um belo prato de favas.
E o resultado foi... gostoso!
Ficou com o sabor da farinheira e do chouriço, por isso recomendo a quem aprecia estes enchidos.



Ingredientes:


(Modo Tradicional):
320ml de água morna
500g de farinha de trigo
1 colher de chá de sal
12g de fermento de padeiro
1/2 chouriço cortado aos bocados
1/2 farinheira, sem pele

(Modo Alternativo, com farinha preparada)
320ml de água morna
500g de farinha Pão Caseiro da Nacional
1/2 chouriço cortado aos bocados
1/2 farinheira, sem pele

Confecção:
Coloque na cuba da máquina de fazer pão, a água e a farinha (mais sal e fermento se não usar farinha preparada) pela ordem indicada.
Seleccione o programa Básico, peso 750g e cor média.
Quando a máquina apitar, junte o chouriço e a farinheira. Deixe a máquina prosseguir o ciclo.

Bom apetite!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Pão de Canela


Já tinha publicado anteriormente a receita de um pão de canela feito com farinha e fermento de padeiro à moda tradicional, por isso decidi repetir esta receita com uma farinha preparada que já contém fermento e sal.

Nesta receita de pão de canela e passas já tinha falado sobre o ingrediente principal desta receita, a canela, logo hoje não farei a habitual introdução sobre este ingrediente.

Por isso passemos à receita...

Ingredientes:


(Modo tradicional):
1 ovo batido
50 ml de azeite
Leite morno
500 g farinha de trigo
1 colher de chá de sal
12g de fermento de padeiro
1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de sopa de margarina derretida
4 colheres de açúcar

(Modo alternativo com farinha preparada):
1 ovo batido
50 ml de azeite
Leite morno
500 g Farinha Nacional Pão Caseiro
1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de sopa de margarina liquida Vaqueiro (ou derretida)
4 colheres de açúcar

Confecção:
Colocar num copo de medida o ovo batido, o azeite e completar com leite morno até fazer 320ml. Deitar esta mistura para a cuba da Máquina de Fazer Pão seguida dos restantes ingredientes pela ordem indicada.
Seleccionar o programa Básico, peso 750g e cor média.

Bom apetite!!


Receitas MFP: Pão de Canela

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Pão de Gengibre e Cenoura

Neste fim de semana, o ingrediente escolhido para fazer o pão foi o gengibre. Como o gengibre tem um sabor muito forte, e por isso indico que este pão seja apenas feito por apreciadores de gengibre, misturei outro ingrediente, a cenoura, para que o paladar do gengibre não seja tão dominante neste pão.


Vamos conhecer um pouco mais sobre o gengibre.

O gengibre (Zingiber officinale) é uma planta herbácea da família das Zingiberaceae, originária da ilha de Java, da Índia e da China, de onde se difundiu pelas regiões tropicais do mundo.
É conhecido na Europa desde tempos muito remotos, para onde foi levado através das Cruzadas. Em Portugal existe registo da sua presença desde o reinado de D. João III (1521-1557).

É uma planta medicinal das mais populares e antigas do mundo.
As suas propriedades terapêuticas são resultado da acção de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

Popularmente, o chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriados e até ressacas.
Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, além de diminuir a congestão nasal, cólicas menstruais e previne o cancro do intestino e ovário.

No Japão, massagens com óleo de gengibre são tratamentos tradicionais e famosos para problemas de coluna e articulações, visto que possui características anti-inflamatórias, sendo uma solução natural para aliviar a dor. Na fitoterapia chinesa, a raiz do gengibre é chamada de "Gan Jiang" e apresenta as propriedades acre e quente. Sua ação mais importante é a de aquecer o baço e o estômago, expelindo o frio. É usada contra a perda de apetite, membros frios, diarréia, vômitos e dor abdominal. Aquece os pulmões e transforma as secreções.

A medicina ayurvédica reconheceu a acção dessa planta sobre o sistema digestivo, tornando-a oficialmente indicada para evitar enjoos e náuseas, confirmando alguns dos seus usos populares, onde o gengibre é indicado na digestão de alimentos gordurosos.


Ingredientes:
150ml de leite
100g de cenouras raladas
3 colheres de sopa de óleo de girassol
3 colheres de sopa de mel
2 colheres de chá de gengibre em pó (recomendo apenas 1 colher, porque o sabor é forte!)
4 colheres de flocos de trigo integral
400g de farinha Pão Caseiro da Nacional

Confecção:
Coloque todos os ingredientes pela ordem apresentada na cuba da máquina de fazer pão e seleccione o programa Pão Básico, cor média e peso 750g.

Nota:
Esta farinha Pão Caseiro da Nacional já contém fermento e sal. Se preferir usar farinha normal, não se esqueça de juntar sal e fermento de padeiro.

Bom apetite!

domingo, 1 de maio de 2011

Pão de Mel e Cereais

Hoje fui ver na dispensa que farinhas tinha para confeccionar a receita habitual do fim de semana e vi que tinha 2 pacotes de farinha 7 cereais da Nacional.
Como já não faço receitas com esta farinha há algum tempo, está na hora de as usar antes que o fermento deixe de fazer efeito. Desta forma fui fazer outro pão diferente e mais uma vez fui bem sucedida: decidi juntar mel para enriquecer a mistura dos 7 cereais que já existe na farinha, com as propriedades naturais do mel.
O resultado não podia ter sido melhor, foi excelente!



Fiquemos com um pouco de informação sobre o mel...

O mel, para além de ser utilizado como adoçante, sempre foi reconhecido devido às suas propriedades terapêuticas. De um modo geral, o mel é constituído, na sua maior parte (cerca de 75%), por hidratos de carbono, nomeadamente por açúcares simples (glicose e frutose). O mel é também composto por água (cerca de 20%), por minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros), por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por ácidos orgânicos (ácido acético, ácido cítrico, entre outros) e por vitaminas do complexo B, por vitamina C, D e E. O mel possui ainda um teor considerável de antioxidantes (flavonóides e fenólicos).

Devido ao seu teor de açúcares simples, de assimilação rápida, o mel é altamente calórico (cerca de 3,4 kcal/g), pelo que é útil como fonte de energia.

É também usado externamente devido às suas propriedades antimicrobianas e anti-sépticas. Desta forma, ajuda a cicatrizar e a prevenir infecções em feridas ou queimaduras superficiais.
É também utilizado largamente na cosmética (cremes, máscaras de limpeza facial, tônicos, etc.) devido às suas qualidades adstringentes e suavizantes.

Fonte da imagem: wikipedia


E agora a receita...

Ingredientes:
270 ml de água morna
60 ml de mel (+- 3 a 4 colheres de sopa)
500g de farinha 7 cereais da Nacional (já tem o sal e o fermento para pão)

Confecção:
Colocar o mel e a água morna dentro da cuba da máquina de fazer pão.
Juntar a farinha e seleccionar o programa Pão Básico, peso 750g e cor média.

Nota:
Se não usar esta farinha, pode fazer a sua mistura de cereais com farinha de trigo, não esquecendo de juntar um pouco de sal e fermento para pão.

Fonte do texto sobre mel: wikipedia
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover