segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Pizza +Completa

Fiz umas pizzas em casa com a farinha Pão +Completo da Nacional, para ver se resultaria uma base de pizza diferente e claro, mais saudável!

E assim saiu uma base de pizza escura (diz-se que quanto mais escuro for o pão, mais saudável é) e gostosa!

Inspirei-me na receita de massa de pizza do livro de receitas base da Bimby, mas modifiquei um pouco, porque esta farinha já tem o sal e o fermento incorporado.



Ingredientes:
200g de água
50ml de azeite
400g de farinha de Pão +Completo

Confecção:
Colocar os ingredientes, pela ordem apresentada, na cuba da máquina de fazer pão.
Escolher o programa Massa.
Quando o programa terminar, retirar a massa para uma superfície enfarinhada.
Dividir a massa em duas porções.
Estender cada uma das porções em formato circular com a ajuda de um rolo de cozinha.
Depois é só colocar os ingredientes que mais gostar ( por exemplo, colocar em cima polpa de tomate, depois queijo ralado e por cima atum, cebola, orégãos, etc.)
Vai ao forno a 200ºC durante 15m, num tabuleiro untado com azeite.




Bom Apetite!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Pão Vegan

Não sou vegetariana, mas não é por isso que não possa dar a conhecer como se pode fazer um pão vegan.

E por isso, como encontrei na net esta receita, decidi partilhar convosco.

Ingredientes:
1 copo e 1/2 de água (copo medida da máquina)
1 colher de sopa de óleo de milho
1 colher de sopa da mistura seca cebola, alho e sal
1 colher de chá de manjericão (folha seca)
1 colher de chá de orégãos (folha seca)
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
3 copos medida de trigo integral
1 copo medida de trigo para quibe
1/2 copo medida de aveia
2 colheres de chá de fermento granulado (para pão)
2 colheres de chá de Pão Certo (melhorador de pão)

Confecção:
Coloque os ingredientes na forma da máquina de pão, pela ordem indicada.
Use o programa Pão Integral.

Fonte: Tudo Gostoso

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Farinha Dona Benta Pão Caseiro

No meu post anterior falei do pão que fiz com a farinha Dona Benta Pão Caseiro.



Agora irei falar desta farinha, para que a possam conhecer.
Esta é uma mistura de farinha para fazer pão do tipo caseiro, quer seja na máquina de fazer pão ou no forno.
No entanto, esta farinha não trás adicionado fermento para o pão. É preciso adicionar à parte.

Este é um ponto desfavorável nesta farinha, comparando com as restantes misturas para fazer pão que se encontram à venda no mercado e que já trazem o fermento de padeiro adicionado.

Deixo-vos agora informação sobre esta farinha, para que a possam conhecer melhor.

Composição do Produto:
Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, sal, emulsificantes estearoil 2 lactil lactato de sódio e diacetil tartarato de mono e diglicerídeos de ácidos graxos, melhorador de farinha ácido ascórbico e conservante propionato de cálcio. Pode conter traços de nozes, castanhas e leite. Contém Glúten.

Recomendação de Uso:
Preparo de pães para todas as ocasiões como: café da manhã, da tarde, lanches, merenda escolar, sanduíches para festas e outras.

Como Guardar o Produto:
Guardar em local fresco e seco, à temperatura ambiente. Este produto absorve odores estranhos.

Validade:
6 meses

Peso Líquido:
450 g

Informação Nutricional*:
Porção de 31 g (3 colheres de sopa)

Quantidade por porção %VD
Valor Energético 109 kcal = 458 kJ 19
Carboidratos 21 g 7
Proteínas 3,6 g 7
Gorduras Totais 0 0
Gorduras Saturadas 0,4 g 2
Gorduras trans 0 ***
Fibra Alimentar 0,75 g 3
Sódio 270 mg 11


* Valores para o produto conforme exposto à venda.
** % Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 KJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.
*** VD não estabelecido. Esta embalagem contém 14 porções.

Fonte: informação nutricional retirada da embalagem da farinha Dona Benta.

domingo, 22 de agosto de 2010

Pão Caseiro Dona Benta

Esta semana vi à venda no Jumbo a farinha Dona Benta, que é muito popular no Brasil.
E claro que quis experimentar.

Comprei uma embalagem (vem com 450g de farinha) e vinha com o saquinho de fermento seco de padeiro a acompanhar.




Vem com instruções para se fazer o pão na máquina de fazer pão ou então de forma convencional, à mão.
Fiz na MFP, como não podia deixar de ser.
Serviu para acompanhar o jantar, que foram uns Temakis caseiros, cujo Arroz Sushi fiz na Bimby.

Vejam o resultado do pão!


Saiu um pão grande e muito fofo, equivalente aos outros pães das restantes marcas do mercado, Nacional, Branca de Neve, Continente...

Ingredientes:
1 embalagem de farinha Dona Benta Pão Caseiro (450g)
250ml de água
1 saqueta de fermento seco para pão (saqueta de 10g Dona Benta Fermix)

Confecção:
Colocar a água na máquina de fazer pão, juntar a farinha e o fermento.
Programar a máquina para utilizar o Programa Básico, peso 600g (a minha máquina não tem o peso 600g por isso fiz no de 750g), cor média.
Quando o programa terminar, tirar o pão e deixar arrefecer antes de cortar.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Pão Pita Grego

Olá a todos!
Andei de viagem pelo Mundo, de férias!
Todos os anos vamos para fora de Portugal, conhecer outro país.

Este ano fomos à Grécia, andámos por Atenas, estivémos em Santorini e em Mykonos.


Já tinha ouvido falar na fama do Pão Pita grego, diziam-me que eram as melhores Pitas do mundo. E de facto são as melhores Pitas que comi até hoje, sobretudo se forem a acompanhar um prato de Souvlaki, debaixo da carne a absorver o molho da carne grelhada em espetada, juntamente com molho Tzatziki, que é feito à base de iogurte grego. Uma delícia!
Nesta foto podemos ver um prato de Souvlaki que fotografei antes de o comer.


Também comi este Pão Pita a servir de embrulho ao Souvlaki e ao Gyros, sendo um wrap do tipo fast-food, sem ser no prato. Igualmente bom e óptimo para quando nos queremos despachar do almoço para podermos continuar a passear e fazer uma digestão mais rápida para podermos ir à banhoca no mar.

Ao contrário do Pão Pita israelita para fazer um Shoarma, em que este é aberto ao meio tipo sandes para ser recheado, este Pão Pita Grego é mesmo comido sem ser cortado ao meio. O objectivo não é rechear. Serve de embrulho ao Gyros ou ao Souvlaki, se for para ser comido como fast-food, ou então se for para ser comido no prato, é colocado debaixo da carne.

Procurei pela receita desta iguaria grega e achei neste site a forma artesanal de o confeccionar e tratei de a adaptar à nossa MFP.

Vim partilhar convosco.

Ingredientes:
280 g de água morna
1 colher (chá) de azeite
1 colher (chá) de açúcar
1 colher (chá) de sal
450 g de farinha de trigo
30 g de fermento biológico

Confecção:
Colocar os ingredientes acima indicados na cuba da Máquina de Fazer Pão.
Escolher o programa Massa.
Quando o programa terminar, retire a massa para uma superfície enfarinhada.
Divida em 30 pedaços e forme bolas lisas de massa.
Deixe crescer novamente, abra a massa em discos achatados bem finos (1mm de espessura), passe em farinha de trigo.
Asse em forno pré-aquecido a 280 ºC (muito quente) ou sobre uma chapa de ferro grossa também muito quente. Deve demorar menos de 1 minuto para assar.

O resultado deverá ser este:


Bom apetite!
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover