quarta-feira, 30 de junho de 2010

Pectina Caseira



 

Já por diversas vezes se falou aqui na pectina, que aparece nas receitas de compotas de vários livros para a máquina de fazer pão.

A função da pectina é tornar o doce mais espesso, para não ficar líquido. E a forma tradicional de fazer um doce mais espesso, ao lume na panela, é deixar cozinhar a fruta com o açúcar durante horas e horas...
Mas na MFP, este processo pode ser acelerado com o programa das Compotas (que costumo fazer 2x para fazer um doce sem pectina), bastando juntar pectina. O problema é que não se encontra facilmente à venda.

Andava eu a ler umas coisas na net quando dou de caras com uma receita de Pectina Caseira, no blog As Receitas da Patanisca.

Faz-se assim...

Ingredientes:
100 g da casca branca da laranja
570 g de água
Sumo de meio limão (opcional)

Confecção:
Na Bimby:
Descasque a laranja finamente retirando e aproveitando a pele branca. Coloque a pele branca no copo da Bimby e dê uns golpes de turbo para triturar. Passe com a espatula nas paredes do copo. Acrescente a água e o sumo do limão (opcional) e programe 7 minutos, temp 100º, velocidade 2. Programe mais 20 minutos, temp 100º, velocidade 2.

Equivalente à Bimby, mas no fogão:
Descasque a laranja finamente retirando e aproveitando a pele branca. Pique finamente a pele branca(com a faca, com a varinha mágica ou com a 123).
Coloque num tacho. Acrescente a água e o sumo do limão (opcional) e deixe ferver 30 minutos, mexendo sempre.
No final...
Coe através de um passador fino de rede e aproveite o sumo. 
Deite num frasco devidamente esterilizado, deixe arrefecer, rolhe e rotule com a data de confecção e guarde no frigorífico durante 4 meses
Use 60 a 120ml de pectina para cada 500g de frutas quando fizer as suas compotas ou geleias.
Agite o frasco antes de usar.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Pão Rústico 3 cereais


Hoje foi dia de tentar fazer um pão mais completo e integral a partir de uma farinha das que já trazem adicionado o fermento para o pão. Escolhi a farinha Pão Rústico da Nacional, que já resulta num pão mais ou menos escurinho, e juntei-lhe cereais à minha maneira.
O pão ficou delicioso, embora por fora o pão não tenha ficado muito bonito: ficou com a rugosidade dos cereais que lhe juntei, abateu no centro e para ajudar à festa, esqueci-me de meter a pá de mistura na cuba da máquina de fazer pão, e só quando a máquina apitou e lhe ia juntar os cereais extra, é que vi que continuava com a farinha por misturar na máquina. Mas nada de dramas, desliguei a máquina de fazer pão, procurei na cozinha pela pá (que costumo deixar sempre dentro da cuba e não sei porquê, desta vez não estava), meti a mão pelo meio da farinha e água e encaixei a pá. E pronto, meti a máquina a fazer outra vez o programa desde o início, mas desta vez com a pá.
O meu marido adorou o sabor e é o que importa :)
Mal acabou de cozer, serviu logo para acompanhar o jantar de hoje: um bacalhau à lagareiro que fiz com a Bimby (a minha nova ajudante de cozinha).  E digo-vos que com estas ajudantes de cozinha, tive muito pouco trabalho para fazer o jantar!

E a receita de hoje foi assim:

Ingredientes:
340 ml de água morna
500 g de farinha Pão Rústico da Nacional
2 colheres de chá de sementes de sésamo integrais
2 colheres de sopa de flocos de aveia finos integrais
3 colheres de sopa de flocos de trigo integral

Confecção:
Colocar a água e a farinha na cuba da máquina de fazer pão.
Programar para utilizar o programa Básico, peso 750 g e cor média.
Quando a máquina apitar, juntar as sementes de sésamo, os flocos de aveia e os flocos de trigo.

Nota:
Ingredientes usados:
As sementes de sésamo (da Salutem):
Os flocos de aveia (da Auchan):
Os flocos de trigo (da Salutem):
A farinha Pão Rústico (da Nacional):

terça-feira, 22 de junho de 2010

A Branca de Neve tem 160 Convites para oferecer!

Estou registada no grupo Facebook das Farinhas Branca de Neve e acabei de ver lá que estão a oferecer convites duplos para a estreia de um espectáculo de Filipe La Féria no Casino Estoril, dia 30 de Junho: "Fado: A História de Um Povo".

Para participar o link é este:
http://www.lusitana.pt/subcanais_n1.asp?id_subcanal_n1=268&id_canal=154

Já participei e ganhei logo um bilhete duplo. Eles dizem que têm 160 para dar :)
Quem quiser, já sabe ;)
Enhanced by Zemanta

domingo, 20 de junho de 2010

Pão de Leite de Côco

Esta semana andava às compras no hipermercado, quando vi latas de leite de côco em promoção (com o meu espírito consumista feminino logo em alerta). Eram estas:



Trouxe uma, não sei bem para quê, mas pensei que quando chegasse a casa, a inspiração guiar-me-ia para fazer uma qualquer refeição com ela: a inspiração chegou hoje!

Fiz um Pão de Leite de Côco, com base numa receita do blog do Cantinho da Martuxa, mas com as minhas alterações: não utilizei cobertura de côco (não quis que ficasse com o aspecto do Pão de Deus, mas quem quiser poderá fazê-lo) e utilizei farinha pré-preparada que já tem o fermento incorporado. Escolhi usar a farinha Pão Rústico da Nacional e o resultado foi um pão doce muito gostoso, com um agradável sabor a côco.



Ingredientes:
1/2 copo de água
1/2 copo de leite de côco
1 colher de sopa de margarina (usei Vaqueiro líquida)
1 colher e meia de café de sal
4 colheres de sopa de côco ralado
3 colheres de sopa de açúcar
3 copos de farinha Pão Rústico da Nacional

Confecção:
Colocar os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão pela ordem acima descrita.
Escolher o programa "Pão Doce", cor clara e peso 750g.


Bom apetite!

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Os diferentes tipos de farinha



Existem diferentes tipos de farinha à venda, mas sabe escolher qual é a mais adequada para o fim que pretende?

Fique a conhecê-las num minuto:

T45 (Farinha Flor) - A farinha de trigo do tipo 45 é a mais refinada e branca, sendo adequada para a confecção de massas muito leves e fofas, como o pão de ló ou tortas.

T55 (Farinha Superfina) - A farinha de trigo do tipo 55 é adequada para a confecção de bolos, tartes e pasteis, podendo também ser utilizada na confecção de massas lêvedas.

T65 (Farinha Fina) - A farinha de trigo do tipo 65 é a mais adequada para a confecção do pão, embora também possa ser utilizada na confecção de bolos, tartes, pastéis, empadas e massas lêvedas.

T80 (Farinha Semi-Integral) - A farinha de trigo do tipo 80 é utilizada na panificação, na confecção de pães semi-integrais.

T150 (Farinha Integral) - A farinha de trigo do tipo 150 é utilizada na panificação, na confecção de pães integrais, no entanto como apresenta uma moagem mais grossa que as outras farinhas, o resultado é um pão pesado e bastante compacto. Para tornar o pão mais leve, deverá traçar a farinha, utilizando partes iguais de farinha T150 e farinha T65.

Fonte: Texto baseado em artigo publicado na Revista Bimby Nº6

domingo, 13 de junho de 2010

Bruschetta de Pão de Alho e Salsa

As bruschettas são fatias de pão, guarnecidas e confeccionadas de um modo diferente, com o objectivo de serem servidas como entrada numa refeição.
São originárias da Itália central, por volta do século XV, e a sua receita consiste em torrar pão, molhado com azeite, e depois esfregar alho no pão já torrado. Depois podem ser guarnecidas com tomate, ervas aromáticas, queijo, presunto... há várias formas de guarnecer as bruschettas.

Não segui a receita original, porque queria aproveitar os restos do pão de alho e salsa que confeccionei no outro dia, e como a sua confecção já incluiu muita manteiga e alho, saltei o passo de torrar o pão molhado em azeite e esfregar o alho... fiz assim:

Ingredientes:
algumas fatias de pão de alho e salsa (a receita está aqui)
queijo ralado

Confecção:
Dispôr as fatias de pão num tabuleiro que possa ir ao forno.
Colocar queijo ralado por cima das fatias de pão.
Levar ao forno a 200ºC até o queijo derreter e aloirar.

Bom apetite!

Livro de Culinária Grátis: Desculpas Para Cozinhar

Andava eu a navegar pelo Facebook, quando reparo que alguém divulgou o site, onde é possível comprar, folhear ou fazer download grátis do PDF do Livro "Desculpas Para Cozinhar", por Cristina Vaz.




É um projecto de uma jovem portuguesa, de 32 anos, que decidiu publicar um livro de fotografia de culinária, acompanhado das respectivas receitas.
Já fiz download do livro e posso dizer-vos que é espectacular! Amei tudo, desde as receitas às fotografias... apresenta os ingredientes de uma forma muito original!

Como é um livro que não se encontra associado a nenhuma editora, não se encontra à venda em nenhuma livraria, porque os custos da edição foram suportados pela jovem fotógrafa/escritora. Por isso quem quiser comprar, terá de o fazer através do Site Oficial.

É uma óptima sugestão de prenda para alguém, ou mesmo para nós próprias.

Site Oficial: Desculpas Para Cozinhar
Folhear/Download Grátis do Livro: Nest link
Blog Oficial: Desculpas Para Cozinhar

Muito boa sorte com o teu projecto, Cristina!

Fermento Caseiro

Todo el proceso día a día - Getting a sourdoug...Image by Ibán via Flickr
Já alguém tentou fazer fermento caseiro? Não? Eu também não.
Mas já tinha lido como se pode fazer o fermento caseiro para depois utilizar para fazer pão.
Parece ser fácil, no entanto é um processo que demora alguns dias a fazer.

Aqui fica a receita do fermento caseiro para pão, obtida através do fórum MaquinadePao:

Ingredientes:
2 litros de água
6 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de sal
10 colheres (sopa) de farinha de trigo

Confecção:
Misture bem metade de todos os ingredientes.
Deixe descansar por 4 dias em uma vasilha tampada. Depois, mexa bem e jogue fora metade da mistura (ou dê de presente para alguém que quer também a muda do fermento).
Na parte que ficou, acrescente a metade restante dos ingredientes e misture muito bem. Deixe descansar por mais 2 dias e está pronto para uso. Cada receita de cerca de 1 Kg de farinha de trigo, leva aproximadamente 1 copo da mistura.


Alguém se quer aventurar a fazer fermento caseiro? :)
Enhanced by Zemanta

sábado, 12 de junho de 2010

Farturas

FarturasImage by davipt via Flickr
Em seguimento do meu post anterior, recebi o pedido para publicar a receita das Farturas, que vem na newsletter da Branca de Neve (atenção que não tem nada a ver com a máquina de fazer pão e que não confeccionei esta receita).

Por isso aqui fica a sua transcrição não fiel ao original, porque dei alternativas de marcas idênticas, a utilizar nos ingredientes.

Tempo: curto Dificuldade: fácil Custo: médio

Ingredientes:
300 g de farinha com fermento para bolos (Branca de Neve azul , Nacional, etc.)
2,5-3 dl de água fria
1 colher (café) de sal fino
Açúcar e canela
Óleo para a fritura

Preparação:
Aquecer óleo abundante numa frigideira de grande diâmetro (o maior que tiver).
Preparar a mistura de açúcar e canela numa taça.
Preparar o saco pasteleiro munido de um bico de estrela larga.
Numa tigela misturar a farinha, o sal e os 2,5dl de água. Mexer bem e rapidamente (se precisar acrescenta-se mais água). Colocar a massa no saco e espremer para o óleo, em espiral, da preferência da frigideira para o centro. Levantar o saco para cortar a massa (se esta não cortar é porque tem pouca água).
Fritar rapidamente, virar quando dourado (usar 2 paus do restaurante chinês) e escorrer em papel absorvente.
Repetir o procedimento até esgotar toda a massa.

Cortam-se as farturas com uma tesoura e passam-se por açúcar e canela, quando ainda quentes.

Notas:
- Não se deve mexer muito a massa para que o glúten não se forme (diferente daquilo que queremos para o pão). Por isso o óleo deve estar bastante quente para que a massa não espere;
- Querendo fazer mais do que uma receita, deve fazer-se uma massa de cada vez pelo motivo anterior;
- As farturas devem fritar dentro do óleo, tipo batatas fritas;
- Se a fritura for lenta, o interior ficará amarelado e não branco, a massa frita saberá a ovo.

Fonte: newsletter Santos Populares das Farinhas Branca de Neve
Enhanced by Zemanta

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Newsletter Branca de Neve: Santos Populares

À semelhança das farinhas Nacional, hoje foi a vez das Farinhas Branca de Neve lançarem uma newsletter dedicada aos Santos Populares.
Tem a receita do Pão Branco, que é a receita básica que vem nos pacotes da Farinha Branca de Neve Pão Branco (juntar água e a farinha) e tem uma receita de farturas, mas esta não tem nada a ver com a máquina de fazer pão, é a receita das farturas para serem feitas à mão.
Mas foi engraçado, porque nesta receita das farturas falavam em usar óleo Fula, quando toda a gente sabe que uma qualquer marca de óleo serve. Deve ter sido só para fazerem publicidade a alguma eventual parceria...
Mas pronto, se alguém quiser a receita das farturas, peça-me nos próximos dias, enquanto eu não deito a newsletter fora, e eu publico aqui :)
Mas atenção que a massa das farturas não é para ser feita na máquina do pão, ok?

Abraços e beijos!

Pão de Alho e Salsa


Hoje um fiz Pão de Alho e Salsa, porque já há bastante tempo que não comia um pão de alho feito por mim.
Para receita base, segui a do pacote da Farinha Pão Caseiro da Nacional (que já publiquei aqui noutro post mais antigo) e dei-lhe o toque da salsa e juntei ainda mais alho que a receita original.
O sabor é divinal e é especialmente recomendada para adoradores de Pão de Alho.



GarlicImage via Wikipedia


Ingredientes:
250 ml de água morna
150 g de margarina com alho (usei Vaqueiro Alho)
1 dente de alho picado (usei 2 dentes de alho picados)
3 colheres de sopa de salsa
500 g de Farinha Pão Caseiro Nacional (que já tem adicionado o fermento seco e o sal)

Confecção:
Coloque todos os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão, pela ordem apresentada, de modo a cumprir a regra de adicionar primeiro os ingredientes líquidos e só depois os sólidos.
Programe a máquina para utilizar o programa Básico, peso 750 g e cor média.
Quando o programa acabar, retire o pão para cima de uma rede, para que este possa arejar e arrefecer.

Bom apetite!
Enhanced by Zemanta

Pão +Completo com Chouriço e Pimentos


Red pepperImage via Wikipedia

Voltei das férias!
E hoje a minha máquina de fazer pão já esteve a trabalhar, para me fazer o pãozinho para hoje :)
Já vos conto qual a receita que experimentei fazer.

Da última vez que aqui estive no blog, durante as férias, fiquei de verificar se já tinha publicado ou não a receita de Pão com Chouriço e Pimentos, que vem no pacote da Farinha Pão +Completo da Nacional. Fiz uma pesquisa aqui pelo blog e verifiquei que ainda não a tinha publicado.
Por isso, aqui vos deixo essa receita, a qual não poderei fazer porque fico indisposta com pimentos, mas fico a aguardar que aqui alguém conte como correu.

Ingredientes:
200 ml de água
2 ovos
1 colher de chá de mel
2 colheres de sopa de azeite
500 g de farinha Pão +Completo da Nacional

Ingredientes extra:
250 g de chouriço em cubos
1/2 pimento verde picado
1/2 pimento vermelho picado
100 g de azeitonas picadas
1 colher de sopa de orégãos

Confecção:
Adicione na cuba da máquina de fazer pão a água, os ovos, o mel, o azeite e a farinha Pão +Completo da Nacional.
Programe a máquina para fazer um pão de 750 g, cor escura e programa Básico (costuma ser o nº1).
Ligue a máquina.
Após o sinal sonoro, adicione os ingredientes extra: o chouriço, os pimentos, as azeitonas e os orégãos.
Prosseguir com o programa.
Quando o programa terminar, retire o pão para cima de uma rede, onde possa arejar até arrefecer.

Bom apetite!
Enhanced by Zemanta

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Nova Newsletter Nacional - Santos Populares

Estou de Férias!
E à pouco fui consultar o mail através do telemóvel (através do qual vos escrevo) e vi que hoje foi dia de Newsletter da Nacional!
Na newsletter vem uma receita de Pão com Chouriço e Pimentos, Salada de Espirais com Molho de Queijo e uma Mousse de Corn Flakes!
Julgo que ainda não publiquei a receita deste pão, que me parece ser a que vem na embalagem do Pão +Completo da Nacional, mas depois quando regressar das férias confirmo isso.
Se alguém quiser que eu partilhe as outras receitas é só dizer, ok?

Abraços e beijinhos!

terça-feira, 1 de junho de 2010

Pão de Cerveja e Mostarda

Esta receita encontra-se publicada no livro "Manual de Receitas de Pão" de Vicky Smallwood.
Este é um pão denso e escuro, devido à cerveja preta e presença de farinha integral.
Ainda não experimentei esta receita, mas parece-me ser deliciosa!

Ingredientes:
1 chávena de cerveja preta
meia chávena de água morna
2 colheres de sopa de óleo de girassol
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de mel
2 chávenas de farinha branca para pão
1 chávena e meia de farinha integral para pão
meia colher de chá de fermento em pó para pão
3 colheres de chá de mostarda de Dijon

Confecção:
Coloque todos os ingredientes, excepto a mostarda, na cuba da máquina de fazer pão, pela ordem indicada.
Escolha o programa "Básico".
Quando a máquina apitar, junte a mostarda.
Quando o programa terminar, coloque o pão a arrefecer sobre uma rede.
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover