sexta-feira, 29 de maio de 2009

Bolo de Côco na MFP


Coco dorado [Coconut] (Cocos nucifera) (Frutos...Image by barloventomagico via Flickr

Esta receita original deste bolo é proveniente do fórum paocaseiro.


Ingredientes:
200 ml de leite
2 ovos
150 g de margarina derretida
1 pitada de sal
200 g de açúcar
200 g de farinha T65
7 g fermento em pó
200 g de côco ralado

Preparação:
Juntar tudo na cuba da máquina de fazer pão e seleccionar o programa bolos.
Se preferir, faça a massa com a batedeira/liquidificadora e use o programa forno da sua MFP para cozer o bolo.

Reblog this post [with Zemanta]

Perguntas e Respostas

Vou reunir aqui neste tópico perguntas feitas na shoutbox onde podem deixar comentários, perguntas, dizer o que quiserem... pelo menos fica arquivado para quem tiver dúvidas semelhantes!

28 Mai 09, 22:55
Teresa: Tenho uma dúvida, utilizo normalmente para fazer o pão, as misturas do continente e farinha tipo 65 para usos culinários. Posso utilizar farinha autolevedante ou não é aconselhável? Obrigada

ReceitasMFP: Teresa, se está a pensar na farinha branca de Neve, que trás fermento, essa não deve ser utilizada para fazer o pão, porque a forma deste fermento actuar é diferente. As únicas farinhas autolevendantes que pode utilizar para fazer pão são aquelas que trazem escrito na embalagem que são próprias para máquina do pão, porque já tem o fermento certo adicionado para fazer pão.

19 Mai 09, 20:53
Floriano mesquita: Tenho uma maquina de pão. O livro de receitas tráz referencias de farinha que eu gostava de saber as equivalencias que são:tipoe 550, 997 ,1050, 405, 812.

ReceitasMFP: Em investigação... sei que esses números são usados em receitas italianas, e que quanto maior o número, mais glúten tem, logo melhor é para o pão (tal como a nossa T65 é melhor para o pão que a T55).

19 Mai 09, 18:11
Luis: Boa tarde! dá para substituir o leite em pó por leite liquido? obrigada

ReceitasMFP: Olá, sim podes substituir o leite em pó por leite líquido, mas depois tens de meter menos água, de forma a que o total da quantidade de líquidos continue correcto.


15 Mai 09, 14:29
João: como fazer o pão na mfp ficar + esponjoso?

ReceitasMFP: Olá João! Se o teu pão fica muito consistente e muito compacto, precisas de adicionar mais um pouquinho de fermento. Isso já me aconteceu com as farinhas do LIDL, cujo fermento já não actuava bem.

15 Mai 09, 00:08
Luís: Olá a todos!
Antes de mais quero dar os parabens ao criador deste bolg... e tenho uma duvida, normalmente deixo a mfp programada para ter pão fresco de manhã. posso utilizar por exemplo a receita do pão com pepita de chocolate?

17 Mai 09, 16:13
ReceitasMFP: Olá Luís! Obrigada pelos elogios! Sim, podes deixar a máquina programada com a receita do pão de pepitas, eu já o fiz dessa forma :D

13 Mai 09, 15:27
Filipa: Gostaria de saber se alguém tem receitas de comida para a MFP :D

17 Mai 09, 16:12
ReceitasMFP: Olá Filipa! Tenho algumas receitas de comida para a MFP aqui no blog, procura em Receitas de Carne, em Receitas de Peixe e em Receitas de Acompanhamentos. Podem deixar mais receitas nos comentários!

terça-feira, 26 de maio de 2009

O pão... baixou?

Vou contar o que me aconteceu neste fim de semana.
Lá meti eu os ingredientes na máquina, ia fazer um pão com 350ml de água, 1 pitada de sal, 250g de farinha normal e 250g de farinha de pão rústico do LIDL, cujo fermento já não actuava, logo adicionei 1 saqueta de fermento seco em pó Ramazzoti. Até aqui é uma receita de pão normalíssima, sem grandes truques nem grandes ingredientes.
Meti os ingredientes na máquina e programei para usar o ciclo normal, para um pão de 750g e com cor escura (não gosto de ver o pão com cor pálida).
Fui espreitar pelo vidro enquanto fermentava e o pão estava enorme e eu toda contente a pensar que ia ter um pão gigante para comer.
Depois de o pão cozer, abri a máquina e... o pão tinha baixado! Já não estava do tamanho que tinha visto anteriormente :(
Pois... mais tarde descobri que isto acontece quando se usa fermento a mais.
Por isso, já sabem, se isto vos acontecer, para a próxima deve-se usar menos fermento, ok?

domingo, 17 de maio de 2009

Pão de Canela

cinnamon craze!Image by bıtzı via Flickr

Já tinha publicado anteriormente uma receita de Pão de Canela com Mel, mas para as pessoas que não gostam de mel (como por exemplo o meu marido, embora eu até coma mel às colheradas) deixo aqui uma versão dessa receita sem o mel.

Ingredientes:
1/2 copo de azeite
200 ml de leite
1 ovo
500 g de farinha de trigo
25 g de fermento de padeiro
1 pitada de sal
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de sopa de margarina derretida

Confecção:
Coloque na cuba da máquina de fazer pão o azeite com o leite, o ovo, a farinha, o fermento, 2 colheres de sopa de açúcar e o sal. Programar a máquina para utilizar o programa Massa.
Misture as restantes 2 colheres de açúcar com a canela e reserve.
Quando o programa terminar, retirar a massa e fazer um rolo com ela. Pincelar por cima com a margarina derretida, depois polvilhar com a mistura de açúcar e canela (se quiser mais doce, duplique a quantidade de açúcar e canela). Depois de polvilhado, entrançar e colocar no forno a cozer (durante cerca de 10 a 15m).

Reblog this post [with Zemanta]

Pão de Café

Bolo de café é uma delícia.. por isso, porque não fazer um pão de café?
Esta receita vem no manual da Máquina de Fazer Pão Britânia, para um pão de 900g.

Ingredientes:
1 1/3 copos de água com 1 ovo (colocar o ovo dentro do copo e completar com água)
2 1/2 colheres de sopa de margarina
2 1/2 colheres de sopa de café solúvel
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de mel
4 copos de farinha
2 colheres de chá de fermento biológico seco instantâneo

Confecção:
Seleccionar programa "pão doce", peso 750g, tostagem média.

Pão Nan

Sou uma apreciadora de culinária do mundo, entre a qual destaco a comida indiana com este post. Estava eu a tentar decidir o que iria cozinhar para o jantar de hoje, quando deparo com a receita de pão Nan, cuja massa pode ser preparada na máquina do pão em vez de ser feita à mão.

Vejam aqui a receita original do Pão Nan, no site da Globo.

Para fazer a massa na máquina do pão deve-se proceder da seguinte forma:

Ingredientes:
40 g de manteiga sem sal (derretida)
1/2 chávena de água
1 ovo
100 ml de iogurte natural
1/2 kg de farinha de trigo
50 g de açúcar
30 g de fermento em pó
1 colher (chá) de sal

Preparação:
Coloque todos os ingredientes pela ordem indicada na máquina de fazer pão e utilizar o programa Massa.
Depois de a máquina ter completado o programa, proceder da seguinte forma:
Separe a massa em 10 bolinhas.
Em seguida, deixe a massa descansar por 2 ou 3 h.
Estique a massa com um rolo e coloque para assar (no forno tradicional ou na frigideira) até a casca do pão ficar dourada.

Para assar no forno tradicional:
Aqueça o forno a 300ºC.
Numa assadeira média, coloque a massa aberta em uma forma oval
(não é necessário untar). Deixe assar por três minutos
Após assado, pincele com manteiga quente a gosto e está pronto a comer.

Para assar na frigideira:
Numa frigideira média anti-aderente, abra a massa em forma oval e deixe assar por dois minutos. Tape a frigideira.
Após assado, pincele com manteiga quente a gosto e está pronto a comer.

Pão de Açúcar

Depois de uma semana intensa de trabalho, venho aqui deixar mais umas sugestões.

Sabiam que o monte do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, Brasil, se deve ao facto de os descobridores portugueses terem achado que o monte parecia um doce que havia em Portugal, chamado Pão de Açúcar, dando-lhe assim este tão famoso nome?
Aqui fica a receita do Pão de Açúcar, mas sem o formato daquele famoso atractivo turístico brasileiro, onde se situa uma das maravilhas do Mundo Moderno, o Cristo Redentor.

Ingredientes:
2,5 dl de leite morno
350 g de farinha
10 g de fermento de padeiro
200 g de açúcar em quadradinhos
2 colheres de chá de canela
Sal

Confecção:
Insira na cuba da máquina de fazer pão os ingredientes acima indicados, seguindo sempre a ordem de colocar primeiro os ingredientes líquidos e depois os sólidos.
Se quiser fazer a receita totalmente na máquina, use o programa normal e quando o programa terminar, deve retirar da cuba e deixar arrefecer.
Se quiser fazer a receita com o cozimento no forno tradicional, utilize o programa massa. Quando este programa terminar, retire a massa da cuba e coloque numa forma de ir ao forno rectangular. Deixar repousar mais 30 minutos e depois leve a cozer durante cerca de 45 minutos em forno quente (250 °C).

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Melhorador de pão

Existem melhoradores para tornar o pão mais fofo e com melhor aspecto, sabiam?

Existe uma dica muito natural para conseguir isto: juntar 1 colher de sopa de sumo de limão para pães de 600 g.
O sumo de limão tem ácido ascórbico (vitamina C) e com o seu uso, pretende-se tornar as fibras do glúten mais resistentes e elásticas, buscando com isso, uma maior resistência ao crescimento, aliada a uma maior capacidade de reter umidade e CO2, bem como uma função complementar de aumentar, por abrandamento, a elasticidade das fibras do glúten. Independente da qualidade da farinha, o uso do reforçador é indicado para manter a qualidade do pão após o cozimento.


Um bom melhorador de farinha é composto por três elementos principais, listados a seguir:
Reforçador de Glúten: Tem como função fortalecer as ligações da rede de glúten, aumentando assim o tempo de crescimento final da massa. O reforçador mais utilizado na panificação é o ácido ascórbico, popularmente conhecido como vitamina C.

Enzimas: As enzimas estão presentes no trigo e desempenham um papel fundamental na formação da rede de glúten, uma vez que fornecem uma maior quantidade de açúcar para a massa, já que a farinha possui de 1 a 2% de seu peso em açúcar, pois elas quebram o amido presente na farinha e o transformam em açúcares. As enzimas mais comuns utilizadas para reforçar a ação enzi-mática natural da farinha são a alfa-amilase e a beta-amilase.

Emulsificante: O emulsificante é um aditivo adicionado à formulação de um alimento que irá permitir que se forme uma emulsão, ou seja, que sejam misturados ingredientes solúveis em água com outros que por sua natureza só se misturam com óleos ou gorduras, já que em sua constituição o emulsificante é parte solúvel em água e parte solúvel em gordura. Ao proporcionar uma perfeita emulsão, o emulsificante melhora a distribuição das substâncias gordurosas da massa.

Fonte: Cecília Fernandes

Mais dicas para fazer pão

Já aconteceu a alguém seguir uma receita que se encontrou na net e o pão não ter saído bem? Se isto já vos aconteceu, depois pensamos "bem, a receita parecia boa, mas é pena que tenha dado para o torto e por isso não torno a repetir". Nem pensar!
Não nos vamos dar por vencidos.
Se a receita não saiu bem como nós queríamos, à segunda vez que se repetir a receita pode-se fazer um afinamento para se descobrir o que saiu mal.
Vejam as seguintes dicas para seperceber se a massa precisa ou não de mais farinha ou de mais água.

Pode-se fazer o seguinte:

- Tocar com o dedo na massa: se a massa se pegar ao dedo é porque precisa de
farinha, logo deve-se juntar meia colher de farinha, deixar amassar até a farinha estar completamente absorvida na massa e voltar a repetir o teste de tocar com o dedo.

- Se a massa não estiver uniforme, é porque tem água a menos, então deve-se acrescentar mais um pouco de água, deixar amassar até a água estar completamente incorporada na massa e voltar a repetir o teste de tocar com o dedo.

- Se a massa estiver uniforme e não se pegar ao dedo quando se tocar nela, quer dizer que está no ponto certo!
Blog Widget by LinkWithin
Pin It button on image hover